Assistência Médica

Voe descansado com a TAP Portugal. A TAP garante todo o tipo de cuidados médicos especiais que possam ser necessários em viagem.

 

MEDA – Casos Médicos

São casos médicos - MEDA - todos os passageiros doentes que necessitem de assistência especial a bordo.

Regra geral, um caso médico existe quando um passageiro tem uma situação clínica, ficando dependente de terceiros e/ou de assistência personalizada.

Para comunicar à companhia a existência de um caso médico, para além da reserva, deverá sempre ser preenchido um documento - MEDIF - pelo médico do passageiro, onde é descrito o diagnóstico, para posteriormente ser analisado pelos serviços médicos da companhia.

O MEDIF deverá ser enviado para o email tapbrasil@tap.pt.

Fraturas

Caso um passageiro tenha fratura ou fraturas nos membros inferiores, provocando imobilização dos mesmos e necessitando de espaço para as pernas, poderá ser acionado um Lugar Extra - para assim poder apoiar o membro fraturado durante a viagem.

Esta facilidade não existe na classe executiva.

Incubadoras

A TAP só aceita incubadoras mod. ti-100 Globetrotter. Os suportes para este equipamento serão disponibilizados pela TAP. Esta incubadora é montada num suporte próprio.

Para o correto funcionamento deste serviço são necessários:

  • detalhes sobre ambulância nas escalas de embarque e desembarque da incubadora
  • nome do hospital de origem/destino.
  • acompanhamento de um médico ou paramédico.

Esta facilidade não existe na classe executiva.

Macas

O transporte de passageiros em condição de caso médico com maca deve obedecer às seguintes regras:

  • o passageiro tem de ser acompanhado por um paramédico ou médico, se solicitado pela transportadora;
  • não são aceites reservas em lista de espera;
  • em situações de trânsito, o pagamento da ambulância que transporta o passageiro de um avião para o outro ficará a cargo deste;
Deverão constar da reserva:
  • os detalhes sobre a ambulância nas escalas de partida/chegada (corporações/hospital de origem e destino);
  • o contato do passageiro ou acompanhante no local de embarque.
Qualquer equipamento adicional solicitado pela TAP, deverá ser providenciado pelo passageiro.

Esta facilidade não existe na classe executiva.

Voos codeshare estão sujeitos a condições especiais (consultar os serviços TAP).

Oxigênio

Preferencialmente, é necessário que o passageiro viaje acompanhado por alguém que o saiba ministrar, preferencialmente um médico ou enfermeiro. Poderá viajar desacompanhado caso o possa ministrar pessoalmente e desde que haja prévia autorização dos serviços médicos.

Não é permitida a utilização de oxigênio fornecido pelo passageiro e nunca será possível administração de oxigênio pelos tripulantes.

A TAP dispõe de 2 tipos de garrafas:

  • grande: 3lts/min / 7lts/min
  • pequena: 2lts/min / 4lts/min

Todas as garrafas são fornecidas com uma máscara incorporada de tamanho único. Não existem máscaras para crianças com menos de 2 anos.

Concentrador de Oxigênio Portátil (POC) e Máquina de Pressão Positiva Contínua Nasal (CPAP)

Os passageiros que necessitem de transportar um POC ou CPAP (para tratamento da apneia do sono), poderão fazê-lo a bordo dos voos TAP.

Alertamos que a aceitação é sujeita a determinadas condições.

Para mais informações, consulte a Central de Atendimento através do número 0300 210 6060.

 

Passageiros com necessidades especiais com embarque e desembarque em território brasileiro

Passageiros solicitando assistência especial (PNAE)

A TAP garante o conforto e o apoio necessário em viagem a todos os seus passageiros, seja qual for seu tipo de necessidade. Se houver necessidade de assistência especial durante a sua viagem, ligue para a Central de atendimento TAP  no Brasil (0300 210 6060) ao menos 72 horas antes da partida do voo se o passageiro for viajar com um acompanhante, ou, ao menos 48 horas antes da partida se não exigir um acompanhante. Alguns passageiros PNAE deverão pedir ao seu médico o preenchimento e envio de um formulário de informações médicas (MEDIF), onde é descrito o diagnóstico, para posteriormente ser analisado pelos serviços médicos da TAP. O MEDIF deverá ser encaminhado para o e-mail tapbrasil@tap.pt com, ao menos, 72 horas de antecedência da partida do voo.

O formulário deve ser preenchido se o PNAE:

  • Necessite viajar em maca ou incubadora;
  • Necessite utilizar oxigênio ou outro equipamento médico; 
  • Apresente condições de saúde que possa resultar em risco para si ou para os demais passageiros ou necessidade de atenção médica extraordinária no caso de realização de viagem aérea.

O transporte de clientes em tais situações está sujeito à autorização prévia dos profissionais médicos designados da TAP Portugal, com base nas informações sobre suas condições físicas e mentais, fornecidas pelo cliente ou pelo seu médico no MEDIF.

Se essas diretrizes não forem seguidas, os clientes que precisam de autorização médica podem não obter permissão para viajar em um voo da TAP Portugal para que se possa garantir a segurança do cliente e dos outros passageiros.

Acompanhante

O PNAE com deficiência ou mobilidade reduzida deve ser acompanhado sempre que: 

  • Viaje em maca ou incubadora;
  • Em virtude de impedimento de natureza mental ou intelectual, não possa compreender as instruções de segurança de voo;
  • Não possa atender às suas necessidades fisiológicas sem assistência. 

Estes clientes (ou seus representantes legais) devem preencher o Formulário de informações médicas (MEDIF) ao menos 72 horas antes do voo. Um representante da TAP Portugal confirmará a necessidade de assistência.

Depois de enviar o formulário, um representante da TAP Portugal entrará em contato para fornecer qualquer informação necessária.

O acompanhante que partir de um aeroporto no Brasil receberá um desconto de 80% no preço da tarifa de voo. O acompanhante deve ser maior de 18 (dezoito) anos e ser capaz de prestar auxílio nos cuidados pessoais e médicos do passageiro.

Clique aqui para obter maiores informações à respeito da legislação brasileira vigente para o PNAE.