TAP Portugal  
 
 
 
 
 
 

Marraquexe

Chamam-lhe "A Pérola do Sul". Quem nunca a visitou pode duvidar, mas quem a conhece fica a perceber o porquê. Afinal, não há nada mais fácil que deixar-se encantar por Marraquexe, pelas suas infindáveis vielas, pelas suas gentes, pelo pôr do sol atrás da cordilheira do Atlas e pelos sumos de laranja na mítica praça Djema El Fnaa.

Com quase um milhão de habitantes, Marraquexe deixou de ser capital de Marrocos para se tornar na diva das cidades deste país do Magrebe. Situada no sopé do imponente Atlas, com o deserto ali ao lado, a cidade está "pintada" em tons pastel. E, alertamos desde já, é praticamente impossível circular tranquilamente de automóvel ou de motociclo. Mas é interessante chegar à zona central de Marraquexe, a praça Djemaa el-Fna, e perceber – ou melhor, não perceber – como funciona todo aquele caos organizado: em três faixas de rodagem circulam cinco filas de carros, motociclos, táxis e bicicletas. A Djemaa el-Fna é o epicentro borbulhante de uma cidade que tem poucos momentos mortos. Mas é indispensável entrar no coração de Marraquexe, para a zona dos souks, onde tudo se vende e tudo se regateia com muita paciência. Marraquexe tem também o lado mais moderno, do luxo, das mansões e dos casinos. Afinal de contas, além dos habitantes, aqui estão os viajantes de mochila às costas, mas também atores e até políticos. A título de curiosidade, esta era a cidade de eleição do antigo primeiro-ministro inglês Winston Churchill.