TAP Portugal  
 
 
 
 
 
 

Helsínquia

A proximidade de importantes cidades de outros países contribuiu para que Helsínquia seja um misto de influências e tenha uma vida cultural e histórica rica. Se os monumentos deslumbram, as paisagens verdejantes e o mar fazem qualquer pessoa sentir-se num cenário idílico.

Sempre na moda e rica em cultura, Helsínquia sofreu tanto as influências da Europa Ocidental como as da antiga União Soviética, o que lhe confere um caráter cosmopolita único na Finlândia. A proximidade com Estocolmo (Suécia), São Petersburgo (Rússia) e Talin (Estónia) levou a que a história da cidade se cruzasse com a das suas vizinhas e recebesse muitas influências. A cidade é a maior do país, situada na região Sul, nas margens do golfo da Finlândia, banhada pelo mar Báltico. Em Helsínquia vivem cerca de 600 mil pessoas, mas a área metropolitana inclui ainda as cidades de Espoo e de Vantaa (onde se situa o aeroporto) e chega a um milhão de habitantes. É considerada pelos finlandeses como a cidade de todas as oportunidades, sendo por isso o principal centro financeiro, político, educacional e cultural. Foi escolhida para ser a Capital Mundial do Design em 2012. O clima é húmido, com temperaturas que no inverno atingem os -5ºC, e, por causa da latitude, a luz do dia dura menos de seis horas. Em pleno agosto, as temperaturas oscilam entre os 19ºC e os 21ºC e a luz do dia mantém-se ao longo de 19 horas.