TAP Portugal  
 
 
 
 
 
 

Cultura

Quem aterra na ilha do Sal não tem só águas quentes e transparentes e longos areais para enriquecer as férias. Vale a pena descobrir os sabores, as formas e os ritmos da cultura cabo-verdiana na companhia do seu povo alegre.

O artesanato, aliado às artes plásticas, a literatura e, como não podia deixar de ser, os contagiantes e embaladores ritmos musicais são testemunhos da cultura cabo-verdiana que se podem ficar a conhecer na ilha do Sal. Peças de tecelagem, como bonecas de pano, de cerâmica ou madeira encontram-se com facilidade nas lojas e oficinas de artesanato. Em qualquer vila ou aldeia não há rua que não tenha um espaço para comprar uma recordação. Sendo o artesanato o meio de subsistência de muitos habitantes, não é de estranhar que os vendedores façam um grande assédio aos turistas, que incentivam a conhecer os locais de fabrico e venda. Saborear a gastronomia cabo-verdiana no Sal é outra deliciosa forma de descobrir a cultura do arquipélago. Peixe e marisco são obrigatórios nos pratos, em que o milho desempenha um papel fundamental. À mesa também não pode faltar um prato de cachupa, a receita nacional. Para provar todas a iguarias aconselham-se os restaurantes das vilas de Santa Maria e Espargos. A musicalidade é outro forte cunho cultural. Visitar a ilha do Sal sem ouvir uma morna ou dançar ao ritmo do funaná ou da coladeira não será a mesma coisa.

Cultura: outros destinos

Sevilha Helsínquia Bolonha Amesterdão
Sevilha Helsínquia Bolonha Amesterdão