TAP Portugal  
 
 
 
 
 
 
Bucareste

Bucareste: País

Guia de destinos
 

Roménia

Partilhando fronteira com a Hungria, a Sérvia, a Bulgária, a Ucrânia, a República da Moldóvia, e banhada pelo mar Negro, a Roménia é o perfeito destino para umas férias em família ou uma simples escapadela. A lista de atividades e locais a visitar é infindável. Tire algum tempo para apreciar a sua arquitetura e museus, para uma melhor perceção do seu povo e da sua história. Visite as igrejas e mosteiros, os castelos e palácios espalhados pelo país. E tente não se esquecer de fazer uma visita à casa do príncipe Vlad Tepes, mais conhecido por Conde Drácula, em Sighisoara, Património Mundial da UNESCO. Hospitaleiros por natureza, os romenos facilmente se envolvem em animadas conversas, partilhando 'estórias' e história com os turistas, especialmente nas cidades mais pequenas e aldeias. E, quem sabe, convidá-lo para uma refeição caseira. Para os amantes do ar livre, a Roménia oferece não só a oportunidade de preguiçar nas suas belíssimas praias no verão como também de esquiar no inverno em resorts nas montanhas. Ou deambular por paisagens no seu estado mais puro, andar a cavalo, fazer caminhadas, rafting, canyonning ou bungee jumping. Para os menos aventureiros, a espeleologia, a pesca, a ornitologia e o golfe são bastante populares, tal como os desportos aquáticos, como mergulho, vela, surf, esqui e windsurf, entre outros. Melhor ainda, pelo menos para alguns, a sua fauna é uma das mais ricas na Europa, rivalizada apenas pela sua flora.

Com um clima temperado, a Roménia é um destino para todo o ano, apesar de o período entre o final da primavera e o outono ser a melhor altura para ir, a não ser que prefira desportos de neve. Viajar na Roménia oferece um vasto leque de experiências e pontos turísticos, que variam entre cidades medievais e a cosmopolita Bucareste, outrora conhecida como “a Pequena Paris”, os montes Cárpatos e o delta do Danúbio até às pessoas, ao folclore e à cultura, já para não mencionar a herança cigana. Entre os locais classificados como Património Mundial pela UNESCO, Sighisoara é uma das mais famosas e visitadas atrações. E se as suas ruas calcetadas e edifícios coloridos, entre os quais uma antiga torre de relógio, e museus não fossem razão suficiente para um saltinho a esta cidadela no topo de uma colina, que tal a casa onde o Conde Drácula viveu? A cerca de 27 quilómetros fica a igreja fortificada de Biertan, famosas pela dupla muralha e o complexo sistema de 19 fechaduras da sacristia, que ganhou o primeiro prémio na Exposição Mundial de Paris, em 1900. Dali siga para Viscri, uma aldeia saxónica, famosa pelas casas pintadas ao longo da estrada de terra, a igreja com um museu de dois andares e uma escada algo assustadora para a torre, com uma vista fantástica sobre o vale. No nordeste, Bucovina do Sul deve a sua fama mundial aos monumentos do século XV pintados, considerados dos mais pitorescos e artísticos entre os monumentos europeus. Entre outros locais considerados Património Mundial está Maramures, com várias aldeias, onde as antigas tradições passaram o teste do tempo, e igrejas de madeira que dão as boas-vindas a todos os visitantes. Arquitetura, música, artesanato, tradições e uma forte espiritualidade desempenharam um papel importante na formação da Roménia e do caráter do seu povo. Para os amantes da Natureza, é o paraíso na Terra, ou pelo menos na Europa. Reconhecida como uma das áreas de maior diversidade biológica do mundo, oferece não só uma grande variedade de paisagens como também locais ideais para a prática de atividades ao ar livre. Certifique-se de que não falha o delta do Danúbio.

Informações úteis ao viajante

Moeda Fuso horário
Leu (RON) GMT +2
Língua Escritório local TAP
Romeno Contacte-nos