TAP Portugal  
 
 
 
 
 
 

Natureza

Separada do mar por um conjunto de ilhas de sapal, que sobressaem na maré baixa, a cidade de Faro é ideal para os amantes da observação de aves aquáticas ou birdwatching. Esta atividade, que pode ser feita durante todo o ano, ganha vida na ria Formosa e na ilha da Barreta.

Mergulhão-de-pescoço-preto, colhereiro, ostraceiro, fuselo e gaivota-de-cabeça-preta são algumas das espécies que mais facilmente se avistam na ria Formosa ou nas ilhas de Faro. Existem diversas empresas que diariamente realizam ligações às ilhas em embarcações adequadas à prática desta modalidade. Na densa rede de canais da ria Formosa, separados por ilhotes de sapal e areia, é possível observar a garça-branca-pequena, a garça-real e o colhereiro. Com sorte, pode avistar-se um tartaranhão-ruivo-dos-pauis. As aves limícolas também abundam, em especial o ostraceiro. Para chegar até à ilha da Barreta, onde se situa o cabo de Santa Maria, o ponto mais a sul de Portugal continental, existem carreiras diárias a partir da cidade de Faro. A gaivota-de-cabeça-preta, a gaivota-d'asa-escura e a gaivota-argêntea são das espécies mais populares. Como a ilha propriamente dita se encontra coberta de vegetação, os visitantes têm passadeiras de madeira através das quais podem percorrer o local. Apesar de se poderem observar espécies durante todo o ano, é nos períodos migratórios – primavera e outono – que estas zonas revelam todo o seu potencial.

Natureza: outros destinos

Munique Faro Porto Newark
Munique Faro Porto Newark