TAP Portugal  
 
 
 
 
 
 

Moçambique

Demasiado vasto para ser desvendado numa primeira visita, Moçambique desafia as escolhas nem sempre óbvias. A longa costa iIuminada pelo azul do Índico está povoada de praias infindáveis de areia branca, enquanto ecossistemas únicos servem de habitat a animais selvagens como elefantes, leões ou hipopótamos. E por todo lado as pessoas são de uma generosidade que conquista o mais resistente dos viajantes.

Não há como duvidar, mesmo as coisas inequivocamente prazerosas obrigam a sacrifícios. Leia-se, fazer escolhas, e o país é demasiado grande para que seja óbvio o destino a eleger. A longa costa recortada pelo Índico abriga praias que nos esmagam de bonitas; mais a norte se preferimos a tranquilidade das águas que se espreitam no snorkeling, mais a sul se nos atrai a adrenalina do surf. Mas Moçambique também é o interminável lago Niassa, as zonas de vegetação luxuriante ou a secura da savana, que guardam tesouros da fauna selvagem e nos convidam aos safaris. Nunca há frio que ameace, graças ao clima tropical e húmido, com as temperaturas médias a variar entre os 20oC e os 26oC, conforme a região, sendo na estação das chuvas que há mais calor. Por muitas dúvidas que persistam, é obrigatório pôr na agenda uma visita à ilha de Moçambique. Ou será melhor desligar do correr do tempo nas praias de Pemba ou deixar-se deslumbrar pelas águas cristalinas do arquipélado de Bazaruto? E nunca mais nos sairá da retina a explosão de cor dos mercados, tecida pelo contraste dos produtos, misturados com as capulanas que envolvem os corpos das mulheres.

Informações úteis ao viajante

Moeda Fuso horário
Metical GMT +2
Língua Escritório local TAP
Português Contacte-nos