TAP Portugal  
 
 
 
 
 
 
BC

Há 50 anos a voar para Cabo Verde

4 ilhas à sua escolha!

 

Há 50 anos a voar para Cabo Verde

4 ilhas à sua escolha!

Com praias para todos os gostos, ritmos contagiantes e uma deliciosa gastronomia rica em peixe e marisco, Cabo Verde entrega-se de corpo e alma a quem o visita. 

No meio do oceano Atlântico, na encruzilhada dos continentes americano, africano e europeu, dez ilhas e oito ilhéus traçam as linhas de uma paisagem ideal para os amantes de paragens tropicais.
 
Além fronteiras, os ritmos da morna, da coladeira e do funaná marcam o compasso. Mas em Cabo Verde há muito mais. Em pleno oceano Atlântico, entre os paralelos 15 e 17 de latitude norte e a 450 km da costa do Senegal, este arquipélago de 4.033 km2, composto por dez ilhas (Santo Antão, São Vicente, Santa Luzia, São Nicolau, Sal e Boa Vista, no Barlavento; Maio, Santiago, Fogo e Brava, no Sotavento), oferece praias de areia branca e águas quentes ou outras mais ventosas e onduladas, ideais para windsurf, surf ou bodyboard.

Quem aprecia um bom mergulho encontra recifes de corais com destroços de dezenas de navios. Com uma população estimada de 567 mil habitantes e capital em Praia, na ilha de Santiago, Cabo Verde tem um clima tropical húmido, com temperaturas médias anuais de 27ºC.

Amáveis, simples e divertidos, os cabo-verdianos convidam sempre para uma dança, depois de um convívio à mesa. No prato, é raro não se encontrar milho, a base da gastronomia, que se completa com receitas a cheirar a mar. Lagostas, lapas ou búzios alinham com o a receita nacional, a Cachupa. No copo não pode faltar o grogue, à base de rum, água e açúcar, ou um licor caseiro.
 
A TAP voa para 4 ilhas de Cabo Verde. Reserve já!

50 anos de história

10/01 - 15/01/1945 Primeira viagem (experimental) à Ilha do Sal - Lisboa / Casablanca / Cabo Juby / Port Étiennne / Sal.
1949 Viagem inaugural do aeroporto da Ilha do Sal, Cabo Verde, efectuada com DC4 dos TAP, no qual viajou, como convidado à cerimónia, o Almirante Gago Coutinho. Durante a viagem, o Almirante foi, durante algum tempo, no posto de co-piloto, assistindo o Comandante Enrique Maya.
06/12/1960 Lisboa /Sal /Recife / Rio de Janeiro - voo da Amizade TAP/Panair.
01/11/1964 A partir desta data a escala do Sal passa a fazer parte da linha de L.Marques (Lisboa / Sal / Bissau / Luanda / Salisbúria/ Luanda / S. Tomé / Beira / L. Marques).
04/11/1964 Primeiro voo regular Lisboa /Sal / Bissau/ Lisboa (efectuado pelo avião Superconstellation, CS-TLC). 
13/09/1967 Primeiro voo a jacto Lisboa / Sal / Bissau / Lisboa (foi efectuado com B727).
22/11/1967 Viagem inaugural Lisboa/Bissau/Lisboa com escala na ilha do Sal (B727-100, CS-TBL, "Madeira").
28/10/2007 Praia passou, assim, a ser o oitavo destino da rede da TAP em África, juntando-se ao Sal, Bissau, Dakar, Joanesburgo, Luanda, Maputo e S. Tomé. No total, serão 35 frequências que passam a ligar semanalmente Portugal aos vários destinos servidos pela companhia portuguesa no continente africano.
Novembro 2009  A TAP aumentou a sua operação para Cabo Verde, passando a três frequências para Bissau e seis para a cidade da Praia.

Previsto estava ainda estender a operação da TAP em Cabo-Verde até à cidade de S. Vicente, com voos directos à partida de Lisboa, logo que o respectivo aeroporto fosse certificado.

01/07/2011 A TAP  iniciou a operação entre Lisboa e S. Vicente com dois voos por semana, às terças e sextas. À terça-feira, o voo partia da capital portuguesa às 08h00 e chegava à ilha cabo-verdiana às 10h10, com regresso às 11h00 e chegada a Lisboa às 16h55. À sexta-feira, a partida da Portela era às 15h55 e a chegada a S. Vicente às 18h05. No sentido inverso, o voo da TAP partia às 18h50 e chegava a Lisboa às 00h45.
29/10/2013 Inaugurados voos directos de Lisboa para a Boavista, que passa a ser o 4º destino servido pela TAP em Cabo verde. Os voos são efectuados em equipamento A320, com duas frequências semanais. À terça-feira, o voo parte de Lisboa às 09h30 e chega à Boavista às 12h40, e aos sábados sai pelas 13h35 chegando pelas 15h45. No regresso, os voos partem da Boavista às 13h30, à terça-feira, chegando à capital portuguesa às 18h35, e ao sábado, saem às 17h40 com chegada pelas 22h45. Com o início de operações para a Boavista, a TAP passa a oferecer  15 frequências semanais entre Portugal e Cabo Verde, no conjunto das linhas operadas naquele país, aumentando para as 17 frequências na estação alta.