Informações - 112

Número de Emergência Único para toda a Europa

Para assinalar o Dia Europeu do 112, a 11 de fevereiro, a Comissão Europeia pediu aos Estados-membros que intensifiquem os seus esforços na divulgação do número de emergência na Europa.

As estatísticas são claras e, embora o conhecimento deste número tenha aumentado ligeiramente, três em quatro cidadãos da União Europeia ainda não sabem que podem telefonar para o 112 em caso de emergência para contactar a polícia, os bombeiros ou os serviços de assistência médica, quer no próprio país, quer nos outros países da UE.

Nas palavras de Neelle Kroes, comissária europeia responsável pela Agenda Digital, “um número de emergência único europeu apenas tem utilidade se as pessoas souberem da sua existência. No Dia Europeu do 112, lanço um apelo às autoridades nacionais para que acelerem e redobrem os esforços para informarem os seus cidadãos da existência deste número, um número que pode salvar vidas”.

Segundo um inquérito recente do Eurobarómetro, apenas um quarto (25%) dos cidadãos da UE interrogados identificaram espontaneamente o 112 como o número de telefone dos serviços de emergência em qualquer parte da União Europeia. Itália, Grécia e Reino Unido apresentam a taxa mais baixa da União Europeia: apenas 10% dos cidadãos destes países conhecem o número em questão.

Em 21 países da UE, o número de emergência 112 aparece nas listas telefónicas e em 20 aparece escrito nos veículos de emergência. No entanto, apenas 22% dos cidadãos europeus afirmaram ter recebido informações relativas ao 112, de acordo com o relatório. Uma maioria (62%) disse também não estar suficientemente informada acerca do número de emergência europeu. Muitos cidadãos também declararam ter-se deparado com problemas linguísticos: uma em cada dez pessoas teve dificuldades em comunicar noutra língua ao telefonar para o 112 no estrangeiro, apesar de os Estados-membros dizerem que os seus centros de emergência 112 estão preparados para atender as chamadas pelo menos em inglês.

Memorize este número e salve vidas.

Mais informação em europa.eu/.