TAP Portugal  
 
 
 
 
 
 

Compras

Tirando o aspeto monetário (alguns artigos podem ser bem caros), Copenhaga é uma cidade perfeita para andar às compras. Seja só a passear e a ver as montas (e que belas montras!), seja para encontrar aquele artigo de vestuários muito especial ou para comprar uma obra de arte.

A rua Strøget é um local de paragem obrigatória. É aqui, nesta vasta área comercial a céu aberto com cerca de dois quilómetros, que estão as marcas de roupa e acessórios mais exclusivas, como Prada, Kenzo, Mulberry, Chanel e Hermès. Se a opção é algo mais em conta, as áreas junto a Strøget, conhecidas como Pisserenden e The Latin Quarter, ostentam uma interessante mistura de lojas: desde espaços de venda de antiguidades até lojas supercool (vintage, roupa em segunda mão, acessórios ou discos). E tem a vantagem de se ter menos movimento do que em Strøget. Em termos de design – tem sido uma das grandes alavancas da cidade dinamarquesa –, a loja Munthe plus Simonsen é uma das mais conhecidas. Mas fica também o conselho de visitar a galeria de dois andares Designer Zoo, na Vesterbrogade 137 (www.dzoo.dk). Chegando o período mais quente do ano, entre maio e setembro, a cidade recebe diversos mercados de rua. Esta é a oportunidade de encontrar peças únicas, antiguidades ou objetos em segunda mão. O mais central é o mercado de Gammel Strand, aberto às sextas-feiras e sábados, entre as 8h00 e as 18h00. Há ainda outros, como o Nørrebro Loppemarked ou o Gentofte, onde se vende mobiliário e também roupa em segunda mão.

Compras: outros destinos

São Paulo Madrid Marselha Milão
São Paulo Madrid Marselha Milão