TAP Portugal  
 
 
 
 
 
 

Golfe

Na prática do golfe, os dinamarqueses não são tão entusiastas como os vizinhos suecos, mas não deixam de ter ótimas condições para a prática (e treino!) do golfe. O único senão é mesmo o preço dos campos. Mas está de férias! Aproveite, que não é todos os dias que se joga na Escandinávia.

Há opções para todos os gostos. Ou melhor, para todos os talentos. A começar pelo Royal Copenhagen Golf Club (www.royalgolf.dk), instalado em antigo solo de caçadas reais. E um dos "vestígios" que vai encontrar desse tempo são precisamente alguns veados. Não se admire se estiver a fazer um approach ao green e vir que tem um espectador atento nestas antigas matas reais. É um campo que permite fazer um jogo relativamente tranquilo, já que não existem muitas zonas escondidas nem muitos bunkers. Tudo em prol, sobretudo, do parque real. Mas não se assuste com o green fee... A cerca de dez minutos de carro do centro da cidade está o Copenhagen Indoor Golf Center (www.driveit.dk). São 11 mil metros quadrados de área, onde está um driving range de três andares e 130 metros de distância. É aqui que a seleção nacional dinamarquesa de golfe treina, porque, já se sabe, os invernos aqui são bastante rigorosos. Fora da cidade encontramos mais alguns campos: a cerca de 30 quilómetros de Copenhaga está o Simons Golf Club (um dos mais caros do país) e, depois, o Ishoj Golf Center, a cerca de 25 quilómetros do centro, com uma arquitetura a fazer lembrar um mini Grand Canyon.

Golfe: outros destinos

Sevilha Faro Ponta Delgada Joanesburgo
Sevilha Faro Ponta Delgada Joanesburgo