TAP Portugal  
 
 
 
 
 
 

Cultura

Porto onde, ao longo dos séculos, se cruzaram povos e influências de diferentes latitudes, a história mais recente de Tânger está ancorada ao fascínio de vários artistas que marcaram a vida da cidade onde a cultura exala um perfume exótico.

Na cidade onde paira o aroma ao chá de menta, o charme que emana do porto de Tânger conquistou, ao longo dos séculos, fenícios, cartagineses, romanos, portugueses, espanhóis, ingleses e franceses, sem contar com os turistas que todos os anos chegam a este porto que balança entre África e a Europa. Seguindo no encalço do perfume que inebriou pintores como Eugène Delacroix e Henri Matisse e escritores como Tennessee Williams e William S. Burroughs, é imperativo reclamar uma mesa no Grand Café de Paris, no Café Central ou no Hafa Café, lugares de tertúlias bem servidas – no último caso, com vista privilegiada sobre Gibraltar. Mas o rasto do exotismo cultural estende-se ainda a marcos da cidade como o Teatro Cervantes, do qual restam hoje as ruínas, o Museu de Arte Contemporânea de Tânger, a Cinemateca, o Museu da Casbah, que outrora foi palácio do sultão ou ainda o Museu do Legado Americano, um centro cultural que retrata a presença dos Estados Unidos no país que foi o primeiro a reconhecê-lo como estado independente, em 1777. Os amantes da arte são ainda convidados a desfrutar do festival Tanjazz, que recebe os melhores músicos jazz do mundo, e do festival Noites Mediterrânica, com um programa musical eclético.

Cultura: outros destinos

Fortaleza Pequim Munique Horta
Fortaleza Pequim Munique Horta