TAP Portugal  
 
 
 
 
 
 

Cidade

Casablanca não é uma cidade especialmente gigante que obrigue a muitos dias de visita. Então, porque não aproveitar um fim de semana prolongado, de três ou quatro dias, para dar um salto até esta metrópole, popularizada no romântico filme que uniu Bogart e Bergman, e conhecer os cantos mais tranquilos de "Casa"?

No meio deste centro urbano com quase três milhões de pessoas, onde o trânsito é barulhento e, por vezes, caótico, há verdadeiros oásis, onde reina a tranquilidade e onde é possível relaxar, aproveitar para mudar de ares e, porque não, apanhar um bocadinho de sol. Para começar, é importante não esquecer que Casablanca é uma cidade costeira, logo tem praias. Depois, é uma cidade que está perto de outro grande centro de Marrocos: Rabat. Esta cidade está a uma distância de pouco mais de uma hora. Porque não fazer um dois-em-um e aproveitar para conhecer um pouco mais do pais? Regressando a “Casa”, e depois de ver os principais pontos turísticos, vá apanhar um pouco de sol até ao porto de Casablanca. É uma infraestrutura recente, com uma bela vista de mar. É verdade que o filme de 1942 não foi filmado nesta metrópole, por isso também não vai encontrar aqui os cenários dessa época. Mas se Maomé não vai à montanha... há muitos hotéis que tentam recuperar o espírito dessa altura: bares com piano, imagem antiga... não precisa de ser no Rick's, mas chegue-se ao pé do pianista e diga-lhe "play it again, Sam".

Cidade: outros destinos

Luanda Frankfurt Moscovo Newark
Luanda Frankfurt Moscovo Newark