TAP Portugal  
 
 
 
 
 
 

Pico

As águas quentes que banham o Pico convidam a uns dias bem passados e a uns banhos deliciosos. Sinta a magia do local, suba ao ponto mais alto de Portugal e aviste as restantes ilhas do arquipélago dos Açores.

Não se sabe quando foi descoberta a ilha, mas a história do Pico começou a desenhar-se por volta de 1480, com o povoamento por povos do Norte de Portugal continental. Aqui localiza-se o ponto mais alto de Portugal, com 2351 metros de altitude. A segunda maior ilha do arquipélago dos Açores tem 447 quilómetros quadrados de superfície e é habitada por cerca de 20 mil pessoas. Turismo rural, grutas, lagoas, portos marítimos e piscinas naturais. Anote estas palavras num caderninho e vá fazendo um visto à medida que as for visitando. Isto para que saia da ilha bem satisfeito e com muito para contar. E, claro, naquela que é a ilha que tem o ponto mais alto de Portugal, uma subida à montanha é inevitável. Lá do cimo pode avistar as ilhas de São Jorge, da Graciosa, da Terceira, das Flores e do Corvo, também do arquipélago dos Açores. Para quem gosta de Natureza, uma visita ao Pico é obrigatória mais cedo ou mais tarde na sua vida. O clima é temperado, registando-se temperaturas médias de 13ºC no inverno e de 24ºC no verão. A Corrente do Golfo, que passa ali relativamente perto, mantém as águas do mar a uma temperatura média entre os 17ºC e os 23ºC, o que convidará certamente a um mergulho.