Conteúdo

2 dias na Bolonha Medieval

2 Dias na Bolonha Medieval

Dia 01
10:00
Comece a visita na Piazza Maggiore, a mais famosa da cidade. É impossível não reparar na monumental Basilica di San Petronio, a 15ª maior igreja católica do mundo. A entrada é gratuita.
11:00
É nesta praça que também vai encontrar o Palazzo dei Banchi, o Palazzo dei Notai e o Palazzo d’Accursio, que funcionou como sede da Câmara Municipal até 2008.
13:00
Contorne a praça até encontrar a Piazza del Nettuno, com a famosa estátua de Neptuno mesmo no centro: é feita de bronze e foi construída no século XVI pelo famoso artista Giambologna.
14:00
Pausa para almoçar: é impossível falar em Bolonha sem pensar no esparguete à bolonhesa, não é? Tagliatelle al ragù (o prato original que deu origem ao famoso esparguete à bolonhesa) ou tortelloni com queijo parmesão? Delicie-se num dos restaurantes na Piazza Maggiore.
16:00
De barriga cheia, a próxima paragem é na Basilica di Santo Stefano, construída com antigas colunas romanas.
17:00
Siga caminho até encontrar o Archiginnasio de Bologna, a primeira sede da Universidade mais antiga do mundo ocidental, fundada em 1088. Vale a pena entrar para conhecer o Teatro Anatómico, feito de madeira e decorado com esculturas incríveis.
19:00
Se gosta de arte sacra, o Santuario di Santa Maria della Vita é uma paragem obrigatória. O ex-libris desta igreja é a escultura Compianto sul Cristo morto, composta por sete estátuas em tamanho real.
Dia 02
10:00
O dia começa na Piazza Malpighi. Calce uns bons sapatos, porque vai andar até ao Santuario di Madonna di San Luca, um pouco afastado do centro da cidade. Saberá que chegou quando vir uma igreja rodeada de árvores, bem no alto da cidade.
11:00
Para facilitar as viagens dos peregrinos até ao santuário, em 1674 começou a ser construído o pórtico de San Luca — o mais comprido do mundo — que liga o santuário até à porta da cidade. Uma verdadeira mancha cor de tijolo!
13:00
Regresse à Piazza Malpighi e almoce com vista para as duas torres mais famosas da cidade, Asinelli e Garisenda. Bolonha já teve mais de 100 destas torres vermelhas e quanto mais altas, mais poderosa era a família que as representava.
15:00
Depois de almoço, encha-se de coragem e suba os quase 500 degraus da Torre del Asinelli. A vista vale mesmo a pena!
17:00
Não se esqueça de fazer uma visita à Basílica de San Domenico, uma das igrejas mais importantes da cidade. É lá que está sepultado São Domingos de Gusmão, o fundador da ordem religiosa dos Frades Pregadores.
19:00
Por ser uma cidade cheia de estudantes, Bolonha tem uma vida noturna muito animada. A Via Zamboni, Via Marsala ou até mesmo a Piazza Maggiore são pontos de encontro perfeitos para começar a noite. Sente-se numa esplanada, tome um Spritz e divirta-se!

Explore os nossos destinos

Bolonha
Itália Bolonha
Cultura Noite Romance