Londres: histórica, vibrante e cosmopolita

Com quase nove milhões de habitantes e mais de 300 idiomas falados, Londres é a definição de cosmopolitismo. A menos de três horas de viagem a partir de Lisboa, voar para Londres significa mergulhar num destino que jamais desilude.

Os baluartes da capital inglesa

Seja na primeira ou na enésima visita, durante um fim de semana ou numas férias grandes, existem experiências londrinas que não podem ser suprimidas. A cidade é bem servida de transportes públicos (tem a rede de metropolitano mais antiga e extensa do mundo), mas é também de grande dimensão.

Por isso, divida Londres em quatro partes, de acordo com os pontos cardeais, e aproveite ao máximo o seu tempo. Começar pelas icónicas Tower Bridge e Torre de Londres é sempre uma boa ideia, o que lhe permitirá aprofundar o seu conhecimento sobre a História do país e sobre a omnipresente família real.

Não ir ao Palácio de Westminster e ver o Big Ben será como ir a Roma e não ver o Papa. Até porque a torre é bastante fotogénica e imediatamente identificável nas selfies que publicar. 

Vista aérea

Na margem sul do Tamisa, não deixe de conhecer ou regressar a uma das principais galerias de arte moderna do mundo, o Tate Modern, e um dos mais belos teatros de inspiração isabelina, o Shakespeare’s Globe.

Mais a norte, a Catedral de São Paulo (com a segunda maior cúpula do mundo), o Museu Britânico (com uma das maiores coleções permanentes do planeta) e o Museu Madame Tussauds (onde poderá “conviver” com as dezenas de celebridades aí presentes) não podem ficar de fora sua da lista, complementada, mais a oeste, com o Palácio de Kesington, o famoso Hyde Park e o Museu de História Natural (com os seus célebres esqueletos de dinossauros).

 

Roteiros alternativos

Londres é uma cidade cheia de vida e de encontro entre culturas. Como qualquer londrino, não deixe de beber uma ou várias cervejas num dos inúmeros pubs da cidade, ao fim da tarde. Este é um hábito de socialização extremamente enraizado, que poderá ser também encontrado em deambulações pelos vários mercados da cidade. Por isso, não deixe de visitar o Camden Lock, o Borough Market, o Mercado de Portobello Road e o fantástico Columbia Road Flower Market.

Mercado Camden Lock
Passeio de barco pelo Tamisa
Mercado Camden Lock
Passeio de barco pelo Tamisa

Declarado Património Mundial pela UNESCO, o jardim botânico Kew Gardens irá surpreendê-lo pela sua beleza e atrações singulares, das quais destacamos a Japanese Landscape, um pequeno paraíso nipónico na Europa.

A cultura indiana tem, de igual forma, um belíssimo lugar de destaque nesta cidade: o BAPS Shri Swaminarayan Mandir, um dos maiores templos hindus fora da Índia. 

Além do costumado passeio de barco pelo Tamisa, vale a pena também navegar pelos tranquilos e charmosos canais de Little Venice, pontuados por espaços de teatro independente, como o Canal Café Theatre ou o Puppet Theatre Barge.

Um pouco à semelhança de toda a cidade, nesta pequena área encontrará gastronomia variada, que vai da cozinha indiana à chinesa, passando, claro, pelo fish and chips e a confort food dos tradicionais british pubs. 

 

Inspire-se com as nossas sugestões

Explore os nossos destinos

Cancún
México Cancún
Praia Cultura Gastronomia Noite