Fotografia de um plano médio do Chef Oscar Geadas. Está vestido com uma jaleca de cozinha branca que tem escrito no bolso superior esquerdo, sobre o peito, "The art of tasting Portugal", e o logótipo da TAP Air Portugal no braço esquerdo. Atrás do Chef, como fundo, existe uma fotografia panorâmica de uma região do norte de Portugal.
Projeto Local Stars

Os ingredientes locais são as estrelas

Entre março de 2023 e abril de 2025, saboreie as novas ementas de Classe Executiva nos voos de longo curso, à partida de Lisboa, criadas por Chefs locais.

Região a região, o melhor da gastronomia nacional

O projeto TAP Local Stars, em parceria com a The Art of Tasting Portugal, tem como destino levar o mundo a conhecer o melhor da gastronomia portuguesa. Mas não só. Também pretende dar aos nossos passageiros a oportunidade de provarem os produtos estrela de cada uma das nossas regiões.

The Art of Tasting Portugal é uma plataforma que visa promover a gastronomia nacional através do mapeamento gastronómico de Portugal e organização de experiências com ênfase neste setor. Reúne os melhores produtos, respeitando a sua sazonalidade, trabalhados pelos melhores Chefs nacionais, de forma sustentável, para que tenha a melhor memória deste país que tanto valoriza o seu património gastronómico.

Para o projeto TAP Local Stars, convidámos doze Chefs de renome nacional e tradição local, a prepararem doze menus com ingredientes típicos de cada região, incluindo um produto estrela.

12 Chefs, 12 ementas especiais

O menu Local Stars em janeiro e fevereiro estará a cargo do Chef Óscar Geadas.
Ver vídeo
Janeiro e fevereiro
Ver vídeo
A Castanha por:
Óscar Geadas
O Chef Óscar Geadas, brigantino, é conhecido pela sua dedicação e estudo que faz dos produtos e paladares da região Norte de Portugal. Por essa razão, e pela inovação que traz à cozinha tradicional, foi laureado com uma estrela do famoso Guia Michelin.

Inspirado nos produtos locais, de excelente qualidade e diversidade de aromas e sabores, assim desenhou um menu que destaca pontos altos da gastronomia daquela região. A Castanha foi o produto estrela escolhido para representar o sabor da sua região.
Ver vídeo
Ver vídeo
Novembro e dezembro
Ver vídeo
O Bacalhau por:
Diogo Rocha
O Chef Diogo Rocha, natural da região de Viseu, é um conhecedor dos melhores produtos regionais e nacionais e gosta de unir o tradicional às técnicas da cozinha moderna. A sua cozinha é reflexo de um imenso amor e respeito pelos ingredientes e receituário portugueses, tendo sido premiado com 1 estrela Michelin e 1 estrela Michelin Verde, esta última pelo seu compromisso com a sustentabilidade ambiental.

O bacalhau foi o produto estrela escolhido por ser um dos produtos mais célebres da culinária portuguesa, sendo protagonista em pratos tradicionais e representativos da cultura e identidade do país.
Ver vídeo
Ver vídeo
Setembro e outubro
Ver vídeo
O Mel-de-Cana por:
Júlio Pereira
A viver na Madeira desde 2013, o Chef Júlio Pereira criou um menu em representação dos sabores desta ilha incrível. Os cenários verdes majestosos e de rara beleza deste arquipélago no Oceano Atlântico são a sua inspiração diária.

No menu da Classe Executiva da TAP de setembro e outubro, o Chef Júlio Pereira procura promover a gastronomia regional, utilizando os produtos mais emblemáticos da Madeira e do receituário local, tendo escolhido o Mel-de-Cana como o seu Local Star.
Ver vídeo
Ver vídeo
Julho e agosto
Ver vídeo
O Polvo por:
Noélia Jerónimo
Natural de Tavira, a Chef Noélia Jerónimo representa a região do Algarve e é no mar deslumbrante que a Chef se inspira e procura levar para as suas criações gastronómicas.

O segredo da sua cozinha está na combinação de produtos do mar, da Ria Formosa, e na frescura dos ingredientes locais que utiliza. Em julho e agosto, o Polvo é o produto estrela escolhido pela Chef para abrilhantar o menu que criou para a Classe Executiva da TAP.
Ver vídeo
Ver vídeo
Maio e junho
Ver vídeo
O Queijo São Jorge por:
Cláudio Pontes
O Chef Cláudio Pontes, natural da ilha de São Miguel, representa a Região Autónoma dos Açores rodeada pela imensidão azul do Atlântico e por uma beleza natural inigualável de infinita harmonia.

O produto estrela escolhido pelo Chef é o Queijo São Jorge, um produto singular com características que perduram ao longo de séculos. Considerado por todos os açoreanos um produto de excelência, é um dos sabores mais emblemáticos do arquipélago.
Ver vídeo
Ver vídeo
Março e abril
Ver vídeo
A Garoupa por:
Henrique Sá Pessoa
Em março e abril, o Chef Henrique Sá Pessoa apresenta a Garoupa como o ingrediente principal da ementa que criou com os melhores sabores da região de Lisboa.

Inspirado pela brisa Atlântica da costa lisboeta e pela sua própria experiência enquanto cidadão de Lisboa, o Chef Henrique Sá Pessoa criou um menu que o convida a mergulhar numa combinação inusitada e irreverente de sabores. No final da viagem pelo palato, quem brilha mais alto é a Garoupa.
Ver vídeo
Fique atento...
Ao longo dos próximos meses, vamos revelar as restantes ementas criadas pelos melhores Chefs com produtos regionais.

Descubra os produtos locais escolhidos pelos Chefs

A Castanha é a rainha no menu de janeiro e fevereiro

O Local Star escolhido pelo Chef Óscar Geadas é uma homenagem à Castanha, um dos produtos mais genuínos que o norte de Portugal tem para oferecer. Esta escolha teve em atenção a qualidade dos ingredientes locais e sazonais da Região Norte e de Trás-os-Montes, onde a cultura da castanha está ecologicamente adaptada e apresenta um elevado potencial económico.

Através deste menu, está garantida uma viagem acolhedora pelos caminhos dos castanheiros que ficará certamente na memória dos passageiros de Classe Executiva que tiverem o privilégio de o degustar.

Fotografia de um prato branco, com o logótipo dourado da TAP na borda. No interior do prato encontra-se Vitela estufada, puré de castanha e cogumelos.

Prato Principal

Vitela Estufada, Puré de Castanha e Cogumelos

Ingredientes para a Vitela Estufada, Puré de Castanha e Cogumelos

10 doses
1,2kg de bochecha de vitela

Ingredientes para a Duxelle (pasta de cogumelos):
Cebola 500g
Cogumelos Boletos 500g
Cenoura 500g
Vinho Branco 10dl
Caldo de Carne 5L

Ingredientes para o puré de Castanha:
1kg de castanhas
500g de manteiga
1L de leite
20g de sal
20g de nós moscada

Preparação:

Preparação da Bochecha:
- Bringimos as bochechas em água a ferver mais ou menos 5min, de seguida colocamos uma salmoura liquida 100g num litro de água durante 2 horas.
- Seguidamente colocamos as bochechas com um fio de azeite a cozer 24h a 80 graus.

Preparação da Duxelle:
- Picamos a cebola finamente em brunesa, alouramo-la e de seguida incorporamos a cenoura em brunesa.
- Deixamos alourar, refrescamos com o vinho branco, deixamos reduzir.
- Incorporamos os cogumelos boletos em laminas e de seguida refrescamos com o caldo de carne.
Nota: Este duxelle dá para fazer 10 doses de bochecha.

Preparação do puré de Castanha:
- Num tacho derretemos a manteiga, envolvemos as castanhas com a manteiga durante mais ou menos 5min.
- Incorporamos o leite, o sal e a noz moscada.
- Deixamos cozer até que a castanha se desfaça.
- Levamos a um processador e transformamos em puré.
- Caso necessário retificamos os temperos.
- Ter em atenção que o puré deve ficar com uma consistência de creme.
Caso haja necessidade de incorporar um pouco mais de leite ao processar devemos incorporar metade do leite que utilizamos no processo de confeção.

Empratamento:
Servir cerca de 120g de bochecha, 20g de duxelle e 50g de puré de castanha por dose.

Veja o vídeo e conheça melhor o prato que vai poder ver, ou melhor, saborear a bordo!

Fotografia de um plano médio do Chef Oscar Geadas. Está vestido com uma jaleca de cozinha branca que tem escrito no bolso superior esquerdo, sobre o peito, "The art of tasting Portugal", e o logótipo da TAP Air Portugal no braço esquerdo. Atrás do Chef, como fundo, existe uma fotografia panorâmica de uma região do norte de Portugal.

Conheça os outros pratos deste Menu:

Fotografia de um prato branco, com o logótipo dourado da TAP na borda. No interior do prato encontra-se Salada de Peixe do Rio, Beterraba e Laranja.
Entrada
Salada de Peixe do Rio, Beterraba e Laranja
Fotografia de um prato branco, com o logótipo dourado da TAP na borda. No interior do prato encontra-se Pudim de Amêndoa, Mel de Montesinho.
Sobremesa
Pudim de Amêndoa, Mel de Montesinho

Em novembro e dezembro a estrela só podia ser o Bacalhau

O Local Star escolhido pelo Chef Diogo Rocha é o Bacalhau, parte integrante do receituário tradicional português, conhecido como um dos símbolos da nossa gastronomia. O bacalhau foi introduzido na alimentação inicialmente pelos noruegueses e portugueses, que durante as grandes pescarias, já realizavam o processo comum de salga do pescado desde o século XIV, época das grandes navegações.

Através do menu do Chef Diogo Rocha, os nossos clientes de Classe Executiva terão a oportunidade de degustar o Local Star Bacalhau e outros sabores típicos da região Centro de Portugal.

Fotografia de um prato branco com o logótipo da TAP, com Bacalhau, Creme de Batata e Espinafres.

Prato Principal

Bacalhau, Creme de Batata e Espinafres

Ingredientes para o lombo de Bacalhau, Creme de Batata e Espinafres:

10 uni. de Lombo de Bacalhau sem espinhas
200g de bacalhau desfiado
2L de azeite
20g de alho laminado
200g de cebola laminada
1 uni. de louro
1 kg de puré de batata
0.1L natas
75g de manteiga
200g espinafres bringidos
Sal q.b.
Noz-moscada
50g de azeitona picada (em fresco ou desidratada)

Preparação:
- Num tacho coloque um fio de azeite, o alho, a cebola, o louro e deixe refogar.
- Junte o bacalhau desfiado, o puré, a manteiga, as natas e tempere com o sal e a noz-moscada.
- Tempere os espinafres com azeite e sal.
- Coloque o lombo de bacalhau no forno com o restante azeite durante 5 minutos a 150ºc.

Empratamento:
- Coloque os espinafres por baixo, em seguida o cremoso de batata, depois o lombo, a azeitona e termine com um fio do azeite utilizado para cozinhar o bacalhau.

Veja o vídeo e conheça melhor o prato que vai poder ver, ou melhor, saborear a bordo!

Fotografia de plano médio do Chef Diogo Rocha, vestido com uma jaleca de cozinha branca. Do lado direito, surge um braço que segura um bacalhau salgado seco à frente do Chef, cobrindo-lhe parcialmente o lado esquerdo do rosto. No background, está uma fotografia panorâmica dos montes repletos de vegetação verde do centro de Portugal.

Conheça os outros pratos deste Menu:

Fotografia de um prato branco com o logótipo da TAP, com uma salada de pintada e espargos assados.
Entrada
Salada de pintada, espargos assados
Fotografia de um prato branco com o logótipo da TAP, com uma sobremesa de Pudim de Maçãs das Beiras, Creme de Canela e Amêndoa.
Sobremesa
Pudim de Maçãs das Beiras, Creme de Canela e Amêndoa

O Mel-de-Cana vai adoçar a sua viagem em setembro e outubro

O Mel-de-Cana está presente na maior parte do receituário tradicional de doces madeirenses e a sua identidade cruza-se com a da própria ilha da Madeira. Este produto é 100% natural e a sua produção ainda recorre a tecnologias seculares, mantendo a sua originalidade e qualidade de excelência.

Em setembro e outubro, os passageiros a bordo da Classe Executiva terão oportunidade de degustar este e outros sabores típicos da Madeira através do menu criado pelo Chef Júlio Pereira.

Fotografia de um prato branco com o logótipo da TAP, com Mendinha de Novilho, Puré de Milho e Couve com Mel-de-Cana da Madeira.

Prato Principal

Mendinha de Novilho, Puré de Milho e Couve com Mel-de-Cana da Madeira

Ingredientes para o Molho Madeira:

60 ml Sucos de Carne 
20g de Cenoura 
14g Cogumelos Portobello 
7ml Molho de Soja 
7ml Vinho Madeira Meio-doce (Cozinha) 
2,5g Mel-de-Cana Fábrica do Ribeiro Sêco 

Preparação: 
- Num tacho colocar um fio de azeite e levar a cenoura a lourar, laminada em rodelas finas.
- Adicionar os cogumelos laminados e "estufar" um pouco os legumes.
- Juntar os sucos de cozedura da carne e deixar ferver.
- À parte, ferver o vinho madeira e reservar.
- Depois de ter os sucos a ferver, adicionar a soja e o Mel-de-Cana.
- Deixar ferver, cerca de dois minutos e depois adicionar o vinho madeira.
- Deixar ferver mais cinco minutos.


Ingredientes para o Milho Cozido:

17g Farinha de Milho
2g Banha de Porco 
0,7g Alho Descascado 
80ml Água torneira 
8g Couve Caldo verde
0,7g Segurelha 

Preparação: 
- Numa panela, colocar a banha, a segurelha e o alho em lume brando.
- Depois de a banha derreter, mexer cerca de 2 minutos.
- Adicionar a água morna.
- Com uma colher de pau, mexer enquanto adiciona a farinha de milho.
- Quando levantar a fervura, adicionar a couve picada e deixar cozer em lume brando durante cerca de 20 minutos.
- Temperar de sal e retificar a textura se necessário.
- O milho deve ficar com a textura de um creme.


Ingredientes para a Couve Salteada:

50g Couve portuguesa ou couve-lombarda 
10g Azeite 
4g Alho 
2g Sal 

Preparação: 
- Escaldar a couve em água a ferver.
- Fazer a emulsão de alho e azeite.
- Saltear a couve com a emulsão.


Ingredientes para a Mendinha Lacada TAP:

315g Cachaço de Vaca
31ml Vinho Tinto 
20g Cebola 
15g Cenoura 
2,5g Alho Descascado 
6,5g Alho Francês 
12g Sal grosso 
1,8g Mistura de Especiarias 

Preparação: 
- Salgar as peças de carne durante duas horas.
- Depois, lavar bem a carne e escorrer.
- Ferver o vinho tinto.
- Ao vinho tinto, juntar o alho e a mistura de especiarias.
- Triturar muito bem.
- Cortar a cebola em juliana. Cortar a cenoura e o alho francês em rodelas finas.
- Cortar o cachaço de vaca, de forma a que a peça não se desmanche.
- Colocar a carne em sacos de vácuo para a cozedura.
- Dividir os legumes pelos sacos e fazer o mesmo com a marinada de vinho, alho e especiarias.
- Limpar bem as laterais do saco para que sele bem.
- Levar ao forno a cozer a 90º durante 12 horas.
- Depois de retirar do forno, retirar a carne dos sacos e levar as peças direitas ao abatedor de temperatura para arrefecer completamente.
- Triturar bem os sucos da carne com os legumes, passar pelo coador chinês de rede e reservar.
- Dosear as peças em porções de 150gr.
- Fechar cada dose em sacos pequenos de vácuo e esmagar ligeiramente a peça de carne.

Empratamento: 
- Colocar o milho na base do prato.
- A peça de carne é colocada em cima do milho e o molho estufado de vinho madeira cai por cima.

 

Veja o vídeo e conheça melhor o prato que vai poder ver, ou melhor, saborear a bordo!

Fotografia panorâmica das montanhas verdejantes da ilha da Madeira. No lado direito, sobre a fotografia, está o Chef Júlio Pereira que segura com a sua mão esquerda um frasco com Mel-de-Cana da Madeira que cobre parcialmente a parte inferior esquerda do seu rosto.

Conheça os outros pratos deste Menu:

Fotografia de um prato branco com o logótipo da TAP, com Truta fumada, Pickle de Funcho, Emulsão de Maracujá.
Entrada
Truta fumada, Pickle de Funcho, Emulsão de Maracujá
Fotografia de um prato branco com o logótipo da TAP, com uma sobremesa de banana, requeijão e bolo de Mel-de-Cana.
Sobremesa
Banana, Requeijão e Bolo de Mel-de-Cana

Em julho e agosto, o Polvo é o rei do nosso menu

O Polvo é um dos produtos mais famosos na gastronomia tradicional portuguesa, sendo um dos ingredientes principais das receitas algarvias. Na nossa ementa, destacamos o polvo de Santa Luzia que possui características e sabor únicos, que deram a fama de “capital do Polvo” a esta vila piscatória do Algarve.

Mergulhe nos melhores sabores do sul de Portugal através do menu criado pela Chef Noélia Jerónimo para a Classe Executiva da TAP. 
 
Fotografia de um prato branco com o logótipo da TAP, com polvo sobre batatas aos cubos e bimis a acompanhar.

Prato Principal

Estufadinho de Polvo à Algarvia

Ingredientes para o estufadinho de Polvo à Algarvia:

4 dentes de alho laminados
1 cebola cortada em meia lua
20g colorau
2 folhas de louro
1 kg de Polvo já cozido
800g de batata doce amarela (aos cubos)
180g de bimis (tirar o pé)
50dl de vinho tinto
azeite q.b.
sal q.b.
pimenta preta q.b.

Preparação:
- Cozer as batatas e os bimis previamente e em separado.
- Cobrir um tacho com azeite e deitar os dentes de alho já laminados.
- Quando começar a dourar, juntar a cebola e o louro. Quando estiver um refogado bem apurado, juntar o colorau.
- De seguida, juntar o vinho e o Polvo e deixar apurar.
- No final, adicionar a batata cortada em cubos e os bimis que foram previamente cozidos.

Empratamento:
- Servir 200g do produto final.

Veja o vídeo e conheça melhor o prato que vai poder ver, ou melhor, saborear a bordo!

Fotografia panorâmica de uma pequena parte da costa algarvia onde, da esquerda para a direita, se vê o mar a ir ao encontro das rochas. No lado direito, sobre a fotografia, está a Chef Noélia Jerónimo que segura com a sua mão esquerda um polvo que cobre parcialmente a parte inferior do seu rosto.

Conheça os outros pratos deste Menu:

Fotografia de um prato branco com o logótipo da TAP, com dois croquetes de pescada sobre molho de caril e manga.
Entrada
Croquete de Pescada com molho de caril e manga
Fotografia de um prato branco com o logótipo da TAP, com uma mousse de queijo e amêndoas do Algarve, com lâminas de amêndoa e raspas de chocolate sobre a mousse.
Sobremesa
Mousse de queijo e amêndoas do Algarve

O Queijo São Jorge é o protagonista em maio e junho

O Local Star escolhido pelo Chef Cláudio Pontes é o Queijo São Jorge, um produto singular com uma cultura centenária e certificação DOP (Denominação de Origem Protegida), que possui características que têm perdurado ao longo de séculos. O Queijo São Jorge é considerado por todos os açoreanos um produto de excelência e é um dos sabores mais emblemáticos do arquipélago situado no meio do Oceano Atlântico.

Os passageiros a bordo da Classe Executiva, vão ter a oportunidade de através do menu do Chef Cláudio Pontes, imergir nos sabores daquele que é considerado o território mais emblemático de Portugal.

Fotografia de um prato branco com lombo de novilho à micaelense, queijo São Jorge e pak choi no interior.

Prato Principal

Lombo de novilho à Micaelense, Queijo São Jorge e pak choi

Ingredientes para o lombo de novilho à Micaelense, Queijo São Jorge e pak choi:

120g tornedó de novilho 
20g de pimenta da terra 
1 dente de alho 
1 folha de louro
50g de manteiga dos Açores 
1kg de batata agria 
250g de manteiga clarificada 
50g de chalota picada 
20g de maisena 
200g de pak choi cortadas em juliana fina 
30g caldo carne
50g de queijo São Jorge 
20g de queijo São Jorge (ralado)

Preparação:
- Tornedó de novilho: dosear a 120g, aquecer um sauté com um fio de azeite e corar o tornedó. Colocar 1 alho esmagado, uma folha de louro, a manteiga, e glacear o tornedó com a manteiga. Retirar e deixar descansar. 
- Molho de pimenta da Terra: colocar manteiga e pimenta da terra no sauté onde se salteou o tornedó, refrescar com vinho branco e colocar caldo de carne. Ligar com xantana ou com roux à base de maisena e por fim colocar o queijo. 
- Batata folhada: laminar a batata agria sobre o comprido com espessura de 2mm. Picar a chalota e deixar cozinhar na manteiga clarificada. Depois de cozinhada, introduzir a maisena, de seguida dispor a batata laminada em tabuleiro, e por cada camada de batata pincelar com o preparado de manteiga com a chalota, até ter 7 a 8 cm de altura. Levar ao forno a 180ºc durante 25 a 30 minutos tapado. Depois de confecionado, arrefecer e dosear 10cm de comprimento e 3cm de largura. Levar ao forno depois de doseado a 200ºc até ficar dourada.   
- Pak choi: cortar em juliana, saltear com chalotas, com um pouco de manteiga e temperar com sal.

Empratamento:

Dispor a pak choi na base, colocar o tornedó sobre a mesma, colocar a batata folhada lateralmente e dispor o molho sobre a carne. Por fim, terminar com o queijo ralado sobre a carne.

Veja o vídeo e conheça melhor o prato que vai poder ver, ou melhor, saborear a bordo!

Fotografia de plano médio do Chef Cláudio Pontes, vestido com uma jaleca de cozinha branca e os braços cruzados sobre o peito. Do lado direito, surge um braço que segura um pedaço de queijo São Jorge à frente do rosto do Chef. No background, está uma fotografia panorâmica dos montes repletos de vegetação verde na ilha de São Miguel.

Conheça os outros pratos deste Menu:

Fotografia de um prato branco com lâminas de atum dos Açores, rúcula e queijo São Jorge.
Entrada
Lâminas de atum dos Açores, rúcula e Queijo São Jorge
Fotografia de um prato branco com pudim de ananás dos Açores.
Sobremesa
Pudim de ananás dos Açores

No Menu de março e abril, a Garoupa é a estrela da companhia

Este peixe, abundante na costa lisboeta e conhecido pelo seu sabor suave, é um dos pratos mais apreciados na culinária portuguesa e faz parte do cardápio da gastronomia regional lisboeta.

E agora, através da imaginação e talento do Chef Henrique Sá Pessoa, nascido no distrito de Lisboa e detentor de duas estrelas Michelin, está pronto para voar pelo mundo e fazer as delícias dos nossos passageiros em Classe Executiva, nos voos de longo curso à partida de Lisboa. 

Fotografia de um prato branco com garoupa assada com caldeirada de camarão e batata-doce no interior.

Prato Principal

Garoupa assada com caldeirada de camarão e batata-doce

Ingredientes para a Garoupa assada:

120g de lombo de Garoupa limpo
30ml de azeite
5 g alho laminado
2g de talos de coentros
2g de tomilho de limão
Salmoura q.b

Preparação:
- Colocar o filete de Garoupa numa salmoura líquida (100gr se sal por cada 1litro de água, 10%) cerca de 20min. Retirar e reservar.
- Levar ao forno a 160°c temperado com os restantes ingredientes cerca de 10/12min.

Ingredientes para a caldeirada de camarão e batata doce:

30g de cebola picada
5g de alho picado
5g de gengibre
1 malagueta piri piri
30ml de vinho branco
60g de batata doce Aljezur cortada em cubos
30g de pimento vermelho
30g de pimento amarelo
30g de tomate picado
20g de polpa de tomate
60g de camarão miolo cortado em pedaços
250ml de caldo de camarão
2g de coentros picados
30ml de azeite
Sal e pimenta q.b

Preparação:
- Refogar cebola, alho e gengibre no azeite. Juntar os pimentos e refogar 8-10min.
- Refrescar com vinho branco e juntar a polpa de tomate e o caldo de camarão assim como a batata doce em cubos. Cozer em lume brando 10min.
- Juntar o camarão em cubos e os coentros e rectificar os temperos, cozer 3-4 min.
- Servir como cama do peixe.

Veja o vídeo e conheça melhor o prato que vai poder ver, ou melhor, saborear a bordo!

Fotografia de plano médio do Chef Henrique Sá Pessoa a sorrir, vestido com uma jaleca de cozinha branca e com um prato de autor na mão, confecionado com garoupa. No background está uma imagem aérea de Lisboa e do rio Tejo, com a ponte 25 de Abril do lado esquerdo.

Conheça os outros pratos deste Menu:

Fotografia de um prato branco com salada de polvo no interior.
Entrada
Salada de Polvo
Fotografia de um prato branco com pera, brownie de canela e chocolate no interior.
Sobremesa
Pera, Brownie de Canela e Chocolate
Cidades mais próximas
Selecionar datas
Selecionar data
Por motivos de segurança a sua sessão será automaticamente encerrada no prazo indicado. Para continuar a navegar no FlyTAP com todas as vantagens de estar logado, por favor, faça login novamente.