Resultados
Cidades mais próximas
    Conteúdo

    Boston, uma Cidade Fora do Comum

    Boston, uma Cidade Fora do Comum

    Esta foi a antiga colónia que ajudou a criar um país deitando chá ao mar. Só por si, o legado histórico de Boston é razão suficiente para uma visita. Mas para além disto, temos um estuário convidativo, uma vida noturna repleta de bares e eventos artísticos, e uma população multicultural, jovem e enérgica, alimentada pela presença de algumas das melhores universidades do mundo.

    Aqui Nasceu um País

    Na Ponte de Congress Street encontra-se o Boston Tea Party Ship, uma réplica de um navio mercante que em 1773 foi palco para uma revolta — a famosa “Festa do Chá” que levaria à independência dos Estados Unidos da América. Este é apenas um pequeno exemplo de como a história da cidade está presente nas suas ruas, sob a forma de monumentos e locais que evocam o passado e exprimem uma identidade. No parque de Boston Common e na igreja de King's Chapel vemos sinais da presença dos primeiros colonos a chegar a esta região no século XVII. O antigo edifício da Escola Latina de Boston, a primeira escola pública dos Estados Unidos, é prova da relação íntima que desde sempre Boston teve com a educação, ciência e conhecimento. E no centro da cidade, bem no meio de ruas movimentadas e arranha-céus modernos, encontra-se um dos mais importantes monumentos do país: o Old State House, um antigo tribunal onde foi proclamada a independência dos Estados Unidos, em 1776. Todos estes locais mencionados fazem parte do Freedom Trail — um percurso oficial pelos locais e monumentos que contam a história da cidade.

    Ao ar livre... e no alto mar

    Não faltam espaços verdes para visitar, como o já mencionado Boston Common, a Charles River Esplanade, um parque público na zona de Back Bay onde pode apreciar a Baía de Massachussets, ou o Jardim Público onde se destacam várias fontes, estátuas e um monumento central em homenagem a George Washington. Este gosto pelo ar livre está também ligado ao fanatismo desportivo próprio dos bostonianos, que se juntam para torcer pelas equipas locais de basebol, basquetebol e hóquei no gelo. Se visitar a cidade na altura certa, pode ser apanhado por uma multidão de atletas e curiosos que tentam desafiar a distância na Maratona de Boston, a mais antiga prova do género nos EUA.

    No mês de outubro, todos os olhos estão postos na Regata Head Of The Charles, uma prova de remo mundial que reúne milhares de participantes e reflete a condição de Boston como cidade costeira em relação simbiótica com o mar. Uma ligação que se pode saborear nos restaurantes da baixa, onde podemos descobrir uma gastronomia local baseada no peixe. No Aquário de New England pode conhecer diversas espécies marinhas em cativeiro e se isto não satisfizer o seu interesse pelo oceano, pode sempre contactar um operador turístico, embarcar num passeio de barco e observar as baleias do Atlântico Norte!

    Ciência, Conhecimento e Arte

    Mas a fama de Boston reside também na sua vertente académica e de inovação. É aqui que se encontra a prestigiada Universidade de Harvard, conhecida por ter formado algumas das elites dos EUA (incluindo vários Presidentes) e cujos belos edifícios e museus de arte merecem uma visita. Talvez tenha curiosidade em espreitar uma conferência científica no famoso M.I.T. (Massasuchets Institute of Technology), alma mater de vários cientistas vencedores de Prémios Nobel. Ou talvez queira conhecer a nova geração do jazz e assistir a um recital de estudantes do Berklee College of Music, escola que já formou alguns dos melhores músicos norte-americanos de atualidade.

    Estas são apenas as escolas e universidades mais conhecidas numa cidade onde existe uma grande concentração de mentes brilhantes por metro quadrado. O resultado é uma cidade enérgica e vibrante, com uma forte indústria de tecnologia de ponta e centros de investigação, onde a população é bastante jovem e está em constante mutação. Boston fervilha com atividades culturais, arte, vida noturna e entretenimento.

    Os apreciadores das artes visuais poderão querer espreitar as coleções do Museu de Isabella Stewart Gardener ou do Museu de Artes Plásticas de Boston. A comunidade de artistas do bairro de South End congrega-se numa série de galerias de arte e em torno do centro cultural Boston Center for the Arts. A arquitetura de Boston também tem o seu charme: edifícios coloniais como a Casa de Paul Revere, bairros históricos e pitorescos como a zona de North End e a sua “Pequena Itália”, edifícios religiosos como a Trinity Church, ou locais fascinantes como a Boston Public Library, uma biblioteca que, juntamente com as universidades locais, ajudou a cimentar a reputação desta cidade como a “Atenas da América”.

    Boston by Night!

    Mas o ambiente de Boston também gerou uma dinâmica interessante nas artes do espetáculo. À atividade da escola de música da Berklee, junta-se uma série de teatros e salas de espetáculos onde poderá ser surpreendido com a criatividade de artistas internacionais ou locais, muitas vezes estudantes e jovens ávidos de experimentar e surpreender o mundo. Pode assistir a peças e musicais na zona conhecida como Theater District, pela concentração de várias salas de espetáculo históricas — aqui encontra o Wang Theatre, um dos principais teatros da cidade. Os apreciadores de música clássica poderão dirigir-se à Boston Opera House ou ao auditório Tanglewood Music Center. Quem preferir jazz, rock ou outros géneros de música popular, é melhor procurar num dos muitos bares da Baixa de Boston ou ir diretamente a salas de concertos como o Lizard Lounge (na zona de Cambridge) ou o Paradise Rock Club no bairro de Allston. Vale também a pena passar pelo Hatch Memorial Shell, um auditório ao ar livre localizado na Charles River Esplanade onde por vezes, no verão, se pode escutar música clássica.

    A noite em Boston está repleta de experiências novas e refrescantes. Em parte devido às diferentes origens dos muitos estudantes que aqui vivem, o ambiente é multicultural – e uma grande cidade norte-americana nunca está completa sem uma Chinatown e uma Little Italy! Comece a noite com um jantar, tradicional ou exótico, num dos restaurantes do bairro de Jamaica Plain, e termine-a num dos muitos clubes e discotecas da Baixa da cidade.

    Por fim, há que salientar que, apesar da variedade da população de Boston, a cultura local é fortemente marcada pela influência das comunidades de origem irlandesa. Se estiver na cidade durante o Dia de São Patrício (St. Patrick's Day) procure o pub irlandês mais próximo (existem muitos em todos os bairros) e perceberá que dançar e beber cerveja com uma peruca verde na cabeça até é algo bastante natural!

    Inspire-se com as nossas sugestões

    Explore os nossos destinos

    Boston Boston
    Estados Unidos Boston
    Compras Noite Praia