Portugal: o país onde o sol mora

Neste antiquíssimo território, que encerra todas as paisagens do mundo, História e vanguarda andam sempre de mãos dadas.

Das vibrantes cidades do Porto e Lisboa, às mágicas Aldeias Históricas do Centro, sem esquecer os belíssimos arquipélagos dos Açores e da Madeira e os deslumbrantes 850 km de praias.

Portugal é um destino beijado pelo sol, perfeito para todos os gostos, em qualquer estação do ano.

Porto e Norte: aqui nasceu Portugal

O nome do país com as fronteiras mais antigas da Europa tem origem em Portus Cale, que corresponde à junção dos nomes das atuais cidades do Porto (Portus) e de Vila Nova de Gaia (Cale), existindo registo do nome já no século IX. Fundado neste período, o Condado Portucalense correspondia, inicialmente, ao antigo território Entre-Douro-e-Minho e viria a tornar-se no país com a dimensão que hoje conhecemos, quer por independência do Reino de Leão, em Espanha, quer pela reconquista das terras a sul aos mouros. Guimarães é, consensualmente, considerada a cidade-berço do país, estando o seu Centro Histórico inscrito na lista de Património Mundial da UNESCO.

Toda a região Norte é riquíssima em património histórico e cultural, destacando-se as cidades de Braga (a Roma portuguesa), Viana do Castelo, Vila Real e Bragança. Em Vila Nova de Foz Côa poderá visitar o Parque Arqueológico do Vale do Côa, local de rara concentração de arte rupestre, classificado Património Mundial da Humanidade.

Também com a mesma classificação e de passagem obrigatória é o Alto Douro Vinhateiro, a mais antiga região vinícola demarcada do mundo. Neste “poema geológico”, como o descreveu o escritor português Miguel Torga, produz-se vinho há mais de dois mil anos, sendo o mais conhecido e, porventura, o mais generoso o famoso Vinho do Porto, que adotou o nome da cidade responsável pela sua exportação.

Parque Arqueológico do Vale do Côa
Alto Douro Vinhateiro
Parque Arqueológico do Vale do Côa
Alto Douro Vinhateiro

O Porto, burgo banhado pelo rio Douro e cuja origem remonta ao século VIII a.C., é a segunda cidade do país.

O seu Centro Histórico é Património Mundial da Humanidade, mas é o dinamismo e a vanguarda que marcam o perfil da cidade e dos seus residentes. Por isso, não se surpreenda ao ver edifícios de traça românica, como a Sé Catedral, ou barroca, como a icónica Torre dos Clérigos, a conviverem com edifícios arrojados, como a Casa da Música ou a Fundação de Serralves.

O Porto oferece ainda um romântico passeio marítimo na zona da Foz e, na outra margem do rio, Vila Nova de Gaia surpreende pelas suas praias ordenadas e extensas, destacando-se a Praia do Senhor da Pedra e a Praia da Aguda.

Os habitantes do Norte de Portugal são conhecidos por gostarem de receber e de servir bem quem os visita. Por isso, prepare-se para uma variada e abundante gastronomia local. Do peixe fresco às Alheiras de Mirandela, passando pelas incontornáveis Tripas à Moda do Porto, Rojões à Minhota e Posta à Mirandesa, irá certamente mergulhar numa incrível e suculenta viagem de sabores.

Ribeira do Porto

Lisboa e Centro: da capital do antigo império às serranias raianas

O Centro de Portugal é, porventura, a região do país com a maior diversidade paisagística e patrimonial. Se em Aveiro pode navegar num dos coloridos moliceiros que percorrem os canais da cidade, em Coimbra altaneira verá uma das universidades mais antigas da Europa e uma das mais belas bibliotecas do mundo – a Biblioteca Joanina.

Peniche e Nazaré são dois dos melhores spots de surf do mundo. Tomar encerra uma joia única da Ordem dos Templários – o Convento de Cristo, Património Mundial da UNESCO – e Mafra um dos mais impressionantes palácios da Europa – o Palácio Nacional de Mafra –, que ostenta os maiores carrilhões do século XVIII existentes no mundo.

No Parque Natural da Serra da Estrela, a maior elevação de Portugal Continental, poderá dedicar-se ao esqui, no inverno, e ao trekking, durante todo o ano. Pela proximidade com a fronteira de Espanha, esta região possui uma grande concentração de castelos e aldeias muralhadas, destacando-se Belmonte, Sortelha e Monsanto, todas incluídas na Rota das Aldeias Históricas de Portugal.

Aveiro
Convento Nacional de Mafra
Aveiro
Convento Nacional de Mafra

Lisboa, a capital e a maior urbe do país, é também conhecida por cidade das sete colinas. Tendo, popularmente, a sua fundação atribuída aos fenícios, estima-se que o povoado de Olisipo, designação pré-romana de Lisboa, contava com mais de 2 500 habitantes, entre os séculos VIII e VII a.C., com a economia da cidade a assentar no comércio marítimo.

Nessa altura, tal como hoje, Lisboa era uma cidade cosmopolita, de onde viriam a partir, mais tarde, as naus que deram origem ao movimento dos Descobrimentos Portugueses, os primeiros passos do que hoje conhecemos por globalização.

Passear por Lisboa significa encontrar diversidade e assimilação cultural, das quais o Bairro de Alfama, o Fado ou o Mosteiro dos Jerónimos podem ser exemplo, e fortíssimas evocações históricas, como o Castelo de São Jorge, a Torre de Belém, ou a Baixa Pombalina, sendo esta um símbolo do Iluminismo, da resistência e do pragmatismo de uma cidade que se reergueu do grande Terramoto de 1755.

A nível gastronómico, Lisboa e o Centro de Portugal oferecem-lhe uma cozinha de eleição. Os Pastéis de Nata da capital, os Ovos-Moles de Aveiro, as Cornucópias de Alcobaça e as Cerejas da Cova da Beira farão as delícias dos mais doceiros. Os mariscos e os peixes frescos do litoral, o Leitão da Bairrada, a Vitela Assada à moda de Lafões, os Maranhos da Sertã e o Queijo da Serra são de prova indispensável para os palatos mais salgados.

Belém
Miradouro em Lisboa
Belém
Miradouro em Lisboa

Alentejo e Algarve: o sol em todo o seu esplendor

Portugal tem um clima ameno, assegurado por 3 000 horas de sol anuais. No entanto, é no Alentejo e no Algarve que o astro-rei brilha com mais intensidade.

A Costa Alentejana, bela e selvagem, é a soberana das praias mais inexploradas do país, sendo as da Zambujeira do Mar, Odeceixe e Carvalhal três das mais carismáticas. No interior do Alentejo, a paisagem varia entre o verde da campina e o dourado das searas, pontuada por sobreiros e azinheiras. As muralhas de Marvão e de Monsaraz são dois dos mais sublimes miradouros da região, e as cidades de Elvas e Évora, ambas classificadas Património Mundial da UNESCO, excedem-se em atrações. Destaque, em Évora, para o Templo Romano, a Sé Catedral e a singular Capela dos Ossos.

Quem pensa que o Algarve se resume a praia, não poderia estar mais enganado. Relaxe num dos muitos campos de golfe algarvios, premiados internacionalmente, ou na estância termal das Caldas de Monchique.

O Algarve ainda tem segredos bem guardados como Silves, antiga capital árabe, Lagos, o Castelo medieval de Castro Marim e a quase irreal, de tão bela, Fortaleza de Cacela Velha. São, no entanto (e justificadamente), as praias plenas de sol, de areais finos e águas quentes e cristalinas, as mais procuradas pelos visitantes. A Praia do Camilo, em Lagos, a Praia de Benagil, no Carvoeiro, a Praia dos Três Irmãos, no Alvor, e a Praia do Barril, em Santa Luzia, são apenas quatro das dezenas e dezenas de praias do Algarve, que figuram entre as mais belas do mundo.

Se à mesa algarvia se destacam os peixes e mariscos frescos, grelhados ou em cataplanas, e os doces de amêndoa e de figo, o Alentejo, região de excelentes vinhos, reconhecidos internacionalmente, irá colocar-lhe no prato iguarias irresistíveis, tais como Migas, Açorda, Carne de Porco à Alentejana e a irresistível Sericaia, o célebre doce conventual alentejano.

 

 

Monsaraz
Odeceixe
Monsaraz
Odeceixe

Açores e Madeira: dois caprichos da Natureza

Em pleno Oceano Atlântico, os arquipélagos dos Açores e da Madeira são dois refúgios de beleza natural.

Ao aterrar, temos a sensação de ter feito uma viagem no tempo até ao dia da criação do mundo. De acordo com um conto antiquíssimo, os Açores são o único território que restou da lendária Atlântida e, efetivamente, estamos perante nove ilhas mágicas. São Miguel, a maior, presenteia-nos com algumas das paisagens mais bonitas do mundo, sendo a Lagoa das Sete Cidades e a Caldeira Velha dois pontos imperdíveis.

Na Terceira encontrará a histórica Angra do Heroísmo, Património Mundial da Humanidade, no Pico poderá subir à serra mais alta de Portugal, elevada a 2 351 metros, e no Faial explore o Vulcão dos Capelinhos, formado entre 1957 e 1958, no seguimento de uma erupção. Aqui, a Terra ainda está a nascer.

Caldeira das sete cidades, Açores

A temperatura amena que se faz sentir durante todo o ano na Ilha da Madeira, também conhecida por Pérola do Atlântico, permite a prática de inúmeras atividades ao ar livre. Por isso, há que deixar o hotel e ir conhecer lugares de cortar a respiração, tais como o Miradouro do Pico do Areeiro, situado a 1 818 metros de altitude, a Cascata das 25 Fontes, o Cabo Girão e o Curral da Freiras.

Na Ilha de Porto Santo, aproveite para relaxar numa sessão de talassoterapia ou, simplesmente, usufruir das qualidades das suas praias de areias terapêuticas, com cálcio, magnésio e estrôncio, um anti-inflamatório natural.

Portugal é um país de vinhos admiráveis e os Açores e a Madeira não são exceção, destacando o Vinho do Pico e o Madeira, respetivamente.

Tirando partido do mar e da sua origem vulcânica, os Açores oferecem-lhe iguarias e mariscos únicos, como lapas, cracas ou cavacos, e ainda o saboroso Cozido das Furnas, o único a ser cozinhado debaixo da terra, aproveitando a energia geotérmica.

Na Madeira, regale-se com filetes de peixe-espada preto, bife de atum, Espetada de Vaca em pau de loureiro e com o tradicional Bolo de Mel. Isto tudo rematado, claro, com uma Poncha fresquinha.

Pico do Areeiro, Madeira

Portugal encontra-se a poucas horas das demais capitais europeias e a apenas oito horas dos Estados Unidos da América.

Seja inverno ou verão, aproveite um fim de semana prolongado ou umas férias grandes para conhecer o país, numa viagem a dois, com amigos ou com a família. Somando galardões nos World Travel Awards (os Óscares do Turismo Mundial), ano após ano, Portugal tem sido eleito, consecutivamente, o Melhor Destino Europeu, o que atesta bem a beleza única deste país e a hospitalidade e a arte de bem receber dos portugueses.
 

Inspire-se com as nossas sugestões

Explore os nossos destinos

Porto
Portugal Porto
Cultura Gastronomia Noite Romance