Conteúdo

3 trilhos que tem mesmo de fazer em Tenerife

3 trilhos que tem mesmo de fazer em Tenerife

Porventura fruto da influência causada pela proximidade da vizinha ilha Gran Canaria, Tenerife é muitas vezes associado a um destino de praia. Eu próprio pensei isso durante muito tempo, mas não poderia estar mais equivocado. É certo que existem magníficas praias de areia preta, especialmente no sul da ilha, mas a verdade é que há muito mais para fazer em Tenerife do que tomar banho de mar. Para lá da beleza colonial de La Laguna, localidade que a UNESCO classifica como Património Mundial, e descontando a festiva época Carnavalesca, período em que toda a ilha se transfigura completamente, Tenerife é, acima de tudo, um território perfeito para os amantes de caminhadas. Eis três dos trilhos mais espetaculares da ilha – para explorar a pé!
1

Roques de García

Bruxelas
Comecemos por uma das caminhadas mais bonitas e fáceis de Tenerife – um trilho literalmente acessível a todos. De crianças de tenra idade a adultos mais maduros, todos podem fazer aquele que é um dos mais frequentados percursos pedestres do Parque Nacional do Teide – tem, inclusive, uma parte do percurso adaptado para viajantes com mobilidade reduzida.

E a verdade é que o Trilho Roques de García é um trilho muito bonito e tranquilo, fundamental em qualquer roteiro de viagem em Tenerife. Uma excelente introdução às paisagens, à fauna e à flora do Parque Nacional do Teide. Para quem não tem oportunidade de subir ao Teleférico do Teide e percorrer o mais espetacular (e exigente) Trilho Pico Velho – Narizes do Teide, Roques de García é imperdível. Nem que fosse pela visão da famosa formação rochosa Roque Cinchado, já valeria a pena.
1

Trilho 9: Pico Viejo – Narizes do Teide

Ghent
Ainda no Parque Nacional do Teide, o chamado Sendero 9 (Trilho 9) é superlativo em todos os aspetos. As paisagens vulcânicas do Teide são deslumbrantes, de uma beleza desoladora, como se o viajante fosse transportado para outro planeta. É, sem qualquer dúvida, um dos melhores trekkings de Tenerife.

Na verdade, poucas vezes as lágrimas me vieram aos olhos ao observar uma paisagem, mas foi exatamente isso que aconteceu enquanto percorria o trilho. O percurso vai do miradouro do Pico Velho ao miradouro Narizes do Teide, sempre a descer por caminhos de lava e pedras soltas. Duríssimo, é certo. Mas, sem dúvida, uma das mais belas caminhadas que fiz até hoje – e imprescindível para todos os amantes do trekking em montanha. 
1

PR-TF 8 Afur – Taganana – Afur

Com lugar cativo na lista das caminhadas mais bonitas da ilha, o PR-TF 8 percorre parte do arrebatador Parque Rural de Anaga, no nordeste de Tenerife. Oficialmente, o trilho começa – e acaba! – junto ao parque de estacionamento da aldeia de Afur, facilmente acessívela partir da histórica povoação de San Cristóbal de La Laguna, um dos melhores locais onde ficar em Tenerife. Sendo circular, o trilho pode no entanto ser iniciado noutros locais, como a aldeia de Taganana ou a estrada principal que atravessa Anaga.

Eu optei por fazer o trilho PR-TF 8 a partir do início oficial, em Afur – até pela facilidade em lá deixar o carro. E segui no sentido dos ponteiros do relógio. É um percurso aconselhável para quem esteja habituado a caminhar e não tenha problemas de mobilidade – mas porventura demasiado difícil para os restantes. Se se sente capaz, não hesite!
Por Filipe Morato Gomes / Alma de Viajante

Inspire-se com as nossas sugestões

Explore os nossos destinos

Tenerife
Espanha Tenerife
Aventura Praia
Cidades mais próximas
      Selecionar data
      Selecionar datas
      Gosto
      Ver versão acessível no youtube.
      WishList
      Partilhe