Conteúdo

2 dias na Bolonha Medieval

2 Dias na Bolonha Medieval

Dia 01
10:00
Comece a visita na Piazza Maggiore, a mais famosa da cidade. É impossível não reparar na monumental Basilica di San Petronio, a 15ª maior igreja católica do mundo. A entrada é gratuita.
11:00
É nesta praça que também se encontra o Palazzo dei Banchi, o Palazzo dei Notai e o Palazzo d’Accursio, que funcionou como sede da Prefeitura até 2008.
13:00
Contorne a praça até encontrar a Piazza del Nettuno, com a famosa estátua de Netuno bem no centro: é feita de bronze e foi construída no século XVI pelo famoso artista Giambologna.
14:00
Pausa para almoçar: é impossível falar em Bolonha sem pensar no espaguete à bolonhesa, não é? Tagliatelle al ragù (o prato original que deu origem ao famoso espaguete à bolonhesa) ou tortelloni com queijo parmesão? Delicie-se em um dos restaurantes na Piazza Maggiore.
16:00
De barriga cheia, a próxima parada é na Basilica di Santo Stefano, construída com antigas colunas romanas.
17:00
Siga caminho até encontrar o Archiginnasio de Bologna, a primeira sede da Universidade mais antiga do mundo ocidental, fundada em 1088. Vale a pena entrar para conhecer o Teatro Anatômico, feito de madeira e decorado com esculturas incríveis.
19:00
Se gostar de arte sacra, o Santuario di Santa Maria della Vita é uma parada obrigatória. O ex-libris desta igreja é a escultura Compianto sul Cristo morto, composta por sete estátuas em tamanho real.
Dia 02
10:00
O dia começa na Piazza Malpighi. Calce uns bons sapatos, porque irá caminhar até o Santuario di Madonna di San Luca, um pouco afastado do centro da cidade. Você saberá que chegou quando vir uma igreja rodeada de árvores, bem no alto da cidade.
11:00
Para facilitar as viagens dos peregrinos até o santuário, em 1674 começou a ser construído o pórtico de San Luca — o mais comprido do mundo — que liga o santuário até a porta da cidade. Uma verdadeira mancha cor de tijolo!
13:00
Volte à Piazza Malpighie almoce com vista para as duas torres mais famosas da cidade, Asinelli e Garisenda. Bolonha já teve mais de 100 destas torres vermelhas e quanto mais altas, mais poderosa era a família que as representava.
15:00
Depois de almoço, encha-se de coragem e suba os quase 500 degraus da Torre del Asinelli. A vista vale a pena!
17:00
Não se esqueça de fazer uma visita à Basílica de San Domenico, uma das igrejas mais importantes da cidade. É lá que está sepultado São Domingos de Gusmão, o fundador da ordem religiosa dos Frades Pregadores.
19:00
Por ser uma cidade cheia de estudantes, Bolonha tem uma vida noturna muito animada. A Via Zamboni, Via Marsala ou até mesmo a Piazza Maggiore são pontos de encontro perfeitos para começar a noite. Sente-se em uma esplanada, tome um Spritz e divirta-se!

Explore nossos destinos

Bolonha
Itália Bolonha
Cultura Gastronomia Vida noturna Romance