Que segredos guarda Brasília?

Apesar de muito diferente de tudo o que há no país, Brasília é digna de visita, com atrações históricas e naturais e uma bela e significante linha arquitetónica.

Um destino único, e bem fotogénico, que contou com o arquiteto e urbanista de renome Oscar Niemeyer na sua projeção. Tendo ainda sido a primeira cidade moderna a ser considerada como Património da Humanidade pela UNESCO, em 1987, o distrito federal – tal como também é conhecida – foi outrora um planalto deserto.

Saiba o que fazer e o que visitar em Brasília.

Um exemplo de urbanismo e inovação

É na Praça dos Três Poderes que podemos encontrar o Supremo Tribunal Federal, o Congresso Nacional e o Palácio do Planalto, edifícios ligados à política, com um estilo bem moderno e marcante, e que formam entre si um triângulo.

Não muito longe, a Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida, ou simplesmente Catedral de Brasília, é uma das construções mais criativas presentes na cidade, totalmente incomum em comparação com outras igrejas.

Outros projetos igualmente majestosos, e que merecem a devida atenção, são o Memorial JK, uma homenagem ao presidente Juscelino Kubistchek, responsável pela idealização da cidade de Brasília, e o Eixo Monumental, a avenida que liga os prédios e os monumentos mais importantes, não fosse este o verdadeiro coração e alma da capital brasileira.

Por último, e não menos importante, o Palácio da Alvorada, designado como a residência oficial do Presidente do Brasil, é mais uma das majestosas infraestruturas projetadas por Oscar Niemeyer e, no caso, também a primeira a ser inaugurada na área metropolitana.

A elegância  desta cidade não passa despercebida e esse é outro dos motivos pelos quais visitar Brasília deve fazer parte dos seus planos. A Ponte Juscelino Kubistchek, ou simplesmente Ponte JK, liga a parte central da cidade ao Lago Sul, Paranoá e São Sebastião, e já foi eleita a ponte mais bonita do mundo.

O que há de melhor na gastronomia brasileira

Apesar do Brasil ser um país diverso, em que cada cantinho reserva as suas particularidades e cada região apresenta os seus pratos típicos, o mesmo não acontece com Brasília, pelo menos no que toca à gastronomia.

Esta jovem cidade recebeu de braços abertos tudo o que há de melhor na culinária do país e carrega, por isso, uma mistura de tradições e sabores. O mais clássico de todos os pratos é o churrasco brasileiro, constituído por costela bovina, linguiça, frango, coração de galinha e picanha, não deixando de fora a farofa como acompanhamento.

Outras delícias muito procuradas são os clássicos mineiros arroz com pequi (fruto típico) e o pão de queijo, este último bem presente nos lanches da capital. Para quem gosta de pratos de carne com sabores fortes, a buchada de bode é a opção perfeita.

Nos peixes, o tilápia, um dos poucos que os brasileiros podem considerar como “próprio”, é preparado e cozinhado de diversas formas. Nos doces destacam-se os frutos típicos como a cagaita, o baru e, novamente, o pequi, muitos deles até utilizados nos famosos “picolés”. Para os que acham que a mandioca não resulta em pratos doces, o mané pelado é a prova de que esta é a base para um bolo bem delicioso.

Arroz com Pequi
Cachoeira na Chapada dos Veadeiros, Goiás
Arroz com Pequi
Cachoeira na Chapada dos Veadeiros, Goiás

Passear pelos arredores

O calor que aqui se faz sentir na maior parte do ano pede alguns panoramas mais naturais, por isso alugue um carro ou vá mesmo de táxi, mas aventure-se pelas proximidades.

Localizado a cerca de 45km do centro de Brasília, na região de Brazlândia, o Poço Azul é uma espécie de piscina natural resultante da junção de duas cascatas, a escapadinha perfeita para os apreciadores de banhos.

Outro sítio que vale a pena visitar é o Catetinho, local que abrigou a primeira residência oficial do presidente Jescelino Kubitschek no momento da construção da cidade. Para levar a sua adrenalina mais além, aventure-se pela cidade de Formosa, em Goiás,  onde poderá encontrar grutas, cascatas, quedas livres e trilhos.

Explore nossos destinos