Em um fundo amarelo escuro, há três animais em pé, virados em direção ao espectador, apenas seus rostos e costas são vistos. À esquerda, um cachorro preto com os olhos fechados, língua saindo de sua boca aberta, ao centro um gato cinza e à direita um cachorro bege, ambos com os olhos abertos.
Voar com animais

Transportamos os seus animais de estimação em segurança

Na TAP transportamos os seus animais de estimação na cabine ou no porão, dependendo da espécie, idade, tamanho e peso, mas sempre com a máxima segurança e conforto. Faça a reserva com antecedência e garanta que o transporte do seu animal está disponível na próxima viagem.

Reserve um bilhete para o seu animal de estimação

O nosso serviço de transporte de animais de estimação está sujeito:
  • à disponibilidade de espaço no avião.
  • à cabine em que o passageiro viaja e ao tipo de avião.
  • à aceitação da entrada do animal no país de destino.
  • ao tipo de animal e peso total combinado do animal e da caixa de transporte (kennel).
  • idade do animal — deve ter pelo menos 12 semanas (10 semanas no caso de viagens para Portugal Continental, Açores, Madeira e Espanha ou quando transportados na cabine).

Por este motivo, você deve solicitar este serviço no momento da reserva da sua viagem ou antes do seu voo, preferencialmente pelo menos 48 horas antes da partida.

Observe que as informações desta página se aplicam a vôos operados pela TAP Air Portugal. Se o seu vôo tiver uma conexão com outra companhia aérea, entre em contato conosco para verificar a possibilidade de transportar seu animal de estimação com essa companhia aérea.  

Para saber se é possível reservar bilhete para o seu animal de estimação no seu voo, onde este será transportado e o valor a pagar pelo transporte, você deve fornecer as seguintes informações quando solicitar este serviço:

Ilustração com fundo branco e azul claro, mostrando ao centro, em destaque, as figuras de um cão e de um gato coloridas em tons de verde.
Espécie(s) e número de animais a transportar
Nos nossos voos apenas cães e gatos podem ser transportados na cabine ou no porão. Outras espécies são transportadas na TAP Air Cargo.

Cada passageiro pode transportar, cumulativamente na cabine e na seção de carga, até um máximo de cinco animais de estimação1, sempre sujeito à disponibilidade.
Ilustração composta por vários elementos: à esquerda, uma gaiola maleável verde e vermelha, à direita uma gaiola rígida verde, cercada por três linhas vermelhas demonstrativas mostrando largura, comprimento e altura.
Dimensões e tipo de caixa de transporte (kennel) (CxLxA)
Indique-nos o tipo de caixa de transporte (kennel) em que pretende levar o seu animal e o seu comprimento, largura e altura.

Apenas caixas de transporte flexíveis são aceitas na cabine. Caso tenha uma caixa de transporte rígida, o animal terá que viajar no porão.
Ilustração composta por vários elementos: à esquerda, uma gaiola maleável verde e vermelha com um gato verde dentro e um círculo vermelho localizado no canto superior direito da gaiola, onde está escrito em branco "max 8kg". À direita uma gaiola rígida verde, com um cão verde dentro e um círculo vermelho no canto superior direito onde está escrito em branco "max. 45kg."
O peso total a transportar (Caixa de transporte + animal)
O peso combinado do animal e da caixa de transporte vai determinar se o seu melhor amigo vai com você na cabine ou no porão.

Se o peso total não exceder 8kg, o transporte será efetuado na cabine. Animais + caixas de transporte com pesos superiores a 8kg serão transportados no porão.
1Esse número só pode ser excedido se as seguintes condições forem atendidas: a finalidade do transporte seja participar de competições, exposições ou eventos esportivos, bem como de treinamento para esses eventos; será necessário apresentar um comprovante por escrito da inscrição nesses eventos ou da associação responsável por sua organização; os animais em questão devem ter mais de 6 meses de idade.
Cão bege sorridente, apenas a cabeça está fora da gaiola maleável vermelha em que está.
O que você precisa para voar com seu animal de estimação?

Você deve cumprir todas as exigências sanitárias e apresentar a documentação obrigatória, que pode variar dependendo da origem e destino do vôo, além de garantir todas as condições de viagem obrigatórias, que dependem de onde o animal de estimação está viajando. Para evitar surpresas de última hora, verifique a documentação e as condições aplicáveis ao seu animal de estimação e tipo de vôo:

As exigências e os documentos de saúde mencionados abaixo são obrigatórios para todos os transportes não comerciais de animais de estimação em voos entre Portugal Continental e as Regiões Autônomas dos Açores e da Madeira.

  • Gatos que não tiverem sido vacinados contra raiva, de qualquer idade, e cães de até 3 meses de idade: devem estar acompanhados de um atestado de saúde emitido por um veterinário clínico, que garanta que o animal não apresentava sinais de doenças típicas da espécie na data do exame clínico e estava apto a viajar para o destino;
  • Cães com mais de 3 meses de idade: deve ser apresentado um relatório de saúde ou passaporte com comprovante de vacinação antirrábica válida. A identificação eletrônica é obrigatória antes dessa vacinação;
  • Os gatos nascidos a partir de 25 de outubro de 2019 devem ter sido identificados eletronicamente no prazo de 120 dias após o nascimento. Os gatos nascidos antes de 25 de outubro de 2019 devem ter identificados eletronicamente até 25 de outubro de 2022.

 

O passaporte para animais de estimação não é obrigatório.

A desparasitação contra parasitas internos e externos é sempre aconselhável.

Os requisitos sanitários e os documentos abaixo mencionados são obrigatórios em todos os trânsitos não comerciais de animais de estimação em voos entre os estados-membros da UE1, ou de alguns países europeus não pertencentes à UE2 aderentes ao Passaporte de Animal de Companhia da União Europeia.

  • Identificação por microchip: O animal deve ter implantado um microchip que permita a sua identificação. Só são permitidos animais identificados por tatuagem, se esta tiver sido aplicada antes de 03/07/2011 e mediante apresentação de comprovação por escrito.
  • Passaporte de animal de companhia da União Europeia: Deve ser emitido por um médico veterinário autorizado pela autoridade competente do país de origem e atestar a identificação e a vacinação antirrábica do animal.
  • Vacinação antirrábica válida: Tem que ser administrada em data igual ou posterior à data da colocação do microchip.

Exceção: para animais de estimação com idade entre 10 e 12 semanas que estiverem viajando para Portugal Continental, Açores, Madeira e Espanha, ou quando transportados na cabine, será necessário apresentar somente os seguintes documentos:

Boletim de saúde para cães e gatos.

Atestado de saúde emitido por um veterinário.

1Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Chipre, Croácia, Dinamarca, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estônia, Finlândia, França, Grécia, Hungria, Irlanda, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos, Polônia, Portugal, República Tcheca, Romênia e Suécia.
2Andorra, Suíça, Ilhas Faroé, Gibraltar, Groenlândia, Islândia, Liechtenstein, Mônaco, Noruega, San Marino e Estado da Cidade do Vaticano.

Antes de fazer qualquer viagem aérea para fora dos estados-membros da UE1 com o seu animal de estimação, sugerimos que você se informe com o veterinário, ou com a Direção Geral de Alimentação e Veterinária, sobre os requisitos e documentos necessários para o transporte não comercial de animais de estimação, para a data e destino específicos do seu voo2.

Além disso, gostaríamos de informar que, para voos partindo de fora da UE e com escala ou destino final em Portugal, é obrigatório preencher e apresentar um formulário de notificação de chegada. O formulário deve ser enviado o mais cedo possível e o mais tardar até 48 horas antes da chegada. Para obter o formulário e os detalhes de contato para os quais você deve enviá-lo, clique aqui

Apresentamos, a seguir, alguns requisitos e documentação necessários para alguns dos nossos destinos mais procurados:

Voos para Reino Unido:

Voos do Reino Unido:

  • Identificação por microchip: O animal deve ter um microchip implantado que permita a sua identificação.
  • Vacinação antirrábica válida: Deve ser administrada em data igual ou posterior à data de implantação do microchip, e pelo menos 21 dias antes da data da viagem. A vacina é administrada a animais com mais de 12 semanas de idade.
  • Passaporte para Animais de Estimação da União Europeia3: Deve ser emitido por um médico veterinário autorizado pela autoridade competente do país de origem, atestando a identificação do animal e a vacinação antirrábica.
  • Certificado Sanitário Animal (AHC)4: Este documento deve ser emitido por um médico veterinário oficial reconhecido pelo Departamento de Meio Ambiente, Alimentação e Assuntos Rurais (DEFRA) ou pelas autoridades escocesas ou galesas. Favor confirmar com seu médico veterinário se eles atendem a este requisito. O Certificado Sanitário Animal é válido por dez dias após a data de emissão.

Voos para o Brasil:

  • Documentação válida exigida: A entrada de animais de estimação no Brasil só é permitida com a apresentação do Certificado Veterinário Internacional, portanto o Passaporte Europeu para Animais não é válido.  Com exceção dos cães e gatos, todos os outros animais que entram no país como carga pela TAP Air Cargo devem ter uma licença de importação emitida pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.  
  • Transporte de aves para Guarulhos: O transporte de aves com destino ao Aeroporto de Guarulhos (São Paulo) deverá ser realizado como carga.
  • Para mais informações sobre o transporte de animais por via aérea para o Brasil, consulte os links informativos abaixo:
  • Voos de conexão operados pela GOL e Azul: Passageiros que transportam animais no porão (Animais no Porão) ou na cabine (PETC) e que tenham voos de conexão dentro do Brasil, operados pela GOL (G3) e Azul (AD), não são permitidos. Essa regra se aplica a todos os voos operados por essas empresas.

Voos do Brasil para a UE:

  • Certificados Veterinários Internacionais (CVI): A partir de 1º novembro de 2022, todos os IVCs para países da UE, Noruega e Suíça devem ser emitidos eletronicamente.5 Verifique todas as informações aqui.
  • Se você precisar transportar animais do Brasil para a União Européia, por favor, revise este documento (PDF, 31 KB, PT) com os requisitos.

 Voos para a Irlanda:

  • Os passageiros provenientes de países fora da União Europeia e que levarem animais para o Aeroporto de Dublin por via aérea deverão informar o mesmo às autoridades veterinárias irlandesas com pelo menos 24 horas de antecedência à chegada dos animais. O embarque só deve ser feito se a verificação por parte da supervisão veterinária for aprovada. Confira os detalhes por país no Portal Pet Travel.
1Exceto Andorra, Suíça, Ilhas Faroé, Gibraltar, Groenlândia, Islândia, Liechtenstein, Mônaco, Noruega, São Marino e Estado da Cidade do Vaticano por serem aderentes ao Passaporte de Animal de Companhia da União Europeia.
2É da responsabilidade do passageiro obter as informações e ter em seu poder todos os documentos necessários para o transporte do animal. Conheça os requisitos e a documentação sanitária necessária para a entrada em Portugal de animais provenientes de países não pertencentes à União Europeia.
3Válido para vôos do Reino Unido para países da União Europeia, desde que o passaporte tenha sido emitido até 31 de dezembro de 2020. Para obter mais informações, consulte o site da DGAV.
4Válido para vôos do Reino Unido para países fora da União Europeia, ou para países da União Europeia, com animais de estimação que não tenham um passaporte emitido até 31 de dezembro de 2020. Para obter mais informações, consulte as regras para a entrada em Portugal de animais provenientes do Reino Unido.
5 Os e-CVIs dos animais de estimação que tenham como destino ou estejam em trânsito para a Alemanha, Itália, Suécia e Países Baixos deverão ser chancelados. Para os restantes países da União Europeia não é necessário chancela, basta a assinatura digital do médico veterinário oficial do Vigiagro/MAPA.

Cabine ou Porão? Saiba onde o seu animal de estimação vai viajar

Nos nossos voos, os animais de estimação são transportados na cabine ou no porão, dependendo da sua espécie, tamanho e peso. Conheça as duas formas de transporte disponíveis, os preços a pagar e as condições a cumprir em cada uma delas:

Transporte de animais de estimação na cabine

Só podem ser transportados na cabine cães e gatos, em caixa de transporte flexível própria com um peso total (animal/animais + caixa de transporte) de até 8kg / 17lbs. Esta caixa de transporte deverá ser colocada no espaço debaixo do assento, que possui 45x30x23cm. Todos os animais de estimação (com exceção dos cães de assistência) que excedam este peso terão que ser transportados no porão.

O serviço de transporte de animais de estimação na cabine está sujeito à espécie, tamanho e peso do animal a transportar, bem como à disponibilidade de espaço no avião e à aceitação da entrada no país de destino. Caso a viagem envolva mais de uma companhia aérea, é necessária a confirmação de transporte de todas as companhias envolvidas.

Peso máximo total (animal + caixa de transporte): 8kg / 17lbs
Dimensões do espaço onde a caixa de transporte é acomodada:  45x30x23cm

Custos do transporte na cabine

Tipo de rota  Canal de reserva1  Valor a pagar
Voos domésticos (Portugal) Online 

40 EUR / 48 USD / 61 CAD

8.000 milhas

Outros

45 EUR / 58 USD / 72 CAD

9.000 milhas

Europa, Marrocos, Tunísia e voos entre Acra e São Tomé Online 

70 EUR / 88 USD / 111 CAD

14.000 milhas

Outros 

75 EUR / 95 USD / 114 CAD

15.000 milhas

Voos intercontinentais  Online

150 EUR / 185 USD / 235 CAD

30.000 milhas

 Outros

160 EUR / 199 USD / 239 CAD

32.000 milhas

1Online: Através do FlyTAP e agências de viagens (online ou com balcão).
Outros: Pode reservar, por exemplo, através de balcões locais (cidade ou aeroporto) ou do Contact Center.

Os valores acima apresentados indicam os preços por percurso e serão cobrados na moeda local, de acordo com a taxa de câmbio em vigor.
Estes serviços não são reembolsáveis.

Poderá consultar o preço do transporte de animais na cabine aplicável à sua viagem durante o processo de realização da sua reserva e, posteriormente, na Gestão de Reserva no Flytap. Os preços podem variar consoante o canal de compra, o tempo de antecedência da compra, a data da viagem, origem e destino e o tipo de serviço extra.

Em transações realizadas fora da Europa que utilizem diferentes moedas locais, o valor do serviço será convertido do preço fixo em dólar para o preço em moeda local (exceto no Canadá).
Para garantir a segurança e bem-estar de passageiros e animais, o transporte de animais de estimação na cabine deve cumprir as seguintes condições: 
  • Apenas cães e gatos podem ser transportados na cabine.
  • Cada passageiro pode levar apenas uma mala/sacola maleável de transporte de animais e pode conter até dois animais da mesma espécie.
  • Não é permitido o transporte de cães/gatos na cabine Executiva dos voos de longa distância (exceto cães de assistência em alguns destes voos).
  • A caixa de transporte usada na cabine deve:
    • Ser flexível
    • Ter espaço suficiente para o(s) animal(is) se mover(em).
    • Ser hermeticamente fechada (para reter os fluidos do animal).
    • Ser acomodada debaixo do assento à sua frente para não obstruir a passagem na cabine.
  • O animal:
    • Deve ter pelo menos 10 semanas.
    • Tem que estar totalmente dentro da caixa de transporte durante todo o voo (incluindo a cabeça e o rabo).
    • Deve estar limpo, saudável e isento de odores.
    • Não pode ocupar um lugar nem movimentar-se na cabine.
    • Não pode constituir ameaça ou perturbar os passageiros.
    • Se for fêmea, não pode estar prenha.
A TAP reserva-se o direito de recusar o transporte do animal de estimação na cabine, e de transferi-lo para o porão, caso considere não estarem reunidas todas as condições necessárias para este tipo de transporte.

Exemplos de transportadores macios permitidos na cabine

A imagem mostra um cachorro marrom de olhos azuis em uma bolsa de transporte de cor cinza-claro com alças pretas. Uma mão feminina está segurando a alça superior da bolsa de transporte, que está levantada e ligeiramente aberta, permitindo que o cachorro coloque a cabeça para fora.
Exemplo 1
A imagem mostra um cachorro branco em uma bolsa de transporte cinza e preta. A bolsa de transporte está apoiada sobre uma superfície branca, e o compartimento lateral está aberto, permitindo que o cachorro coloque a cabeça para fora.
Exemplo 2

Transporte de animais de estimação no porão

Apenas cães e gatos podem ser transportados no porão na própria caixa de transporte, desde que tenham um peso combinado (caixa de transporte + animal/animais) de:
  • até 32kg / 70lbs, nos voos com destino, origem ou escala nos EUA, Hungria, França e Países Baixos.
  • até 45kg / 99lbs, para os outros destinos. 
  • O transporte de cães e gatos de peso superior já é considerado transporte de carga e deverá ser efetuado através da TAP Air Cargo. O serviço de transporte de animais de estimação no porão está sujeito à espécie e ao peso do animal a transportar, bem como à disponibilidade de espaço no avião e à aceitação da entrada no país de destino.  

    Peso máximo total (animal + caixa de transporte): 32kg / 70lbs ou 45kg / 99 lbs (conforme o destino)

Custos do transporte no porão

Tipo de rota Valor a pagar até 32kg / 70lbs Valor a pagar de 32kg / 70lbs a 45kg / 99lbs
Voos domésticos (Portugal) 80 EUR / 101 USD / 121 CAD 130 EUR / 162 USD / 195 CAD
16.000 milhas 26.000 milhas
Europa, Marrocos, Tunísia, Israel e voos entre Acra e São Tomé 120 EUR / 149 USD / 188 CAD 230 EUR / 282 USD / 358 CAD
20.000 milhas 40.000 milhas
Voos intercontinentais 230 EUR / 282 USD / 358 CAD 300 EUR / 367 USD / 466 CAD
40.000 milhas  60.000 milhas
Os valores acima apresentados indicam os preços por percurso e serão cobrados na moeda local, de acordo com a taxa de câmbio em vigor.
Estes serviços não são reembolsáveis.

Os preços podem variar consoante o canal de compra, o tempo de antecedência da compra, a data da viagem, origem e destino e o tipo de serviço extra.

Em transações realizadas fora da Europa que utilizem diferentes moedas locais, o valor do serviço será convertido do preço fixo em dólar para o preço em moeda local (exceto no Canadá).
Para garantir a segurança e o conforto do animal de estimação, as seguintes condições devem ser atendidas:
  • A caixa de transporte deve:
    • Ser resistente e adequada para o transporte de animais.
    • Ser de material resistente, com fechos e pinos na porta e parafusos e porcas nas laterais que unem as seções superior e inferior da caixa.
    • Ser bem ventilado (em pelo menos 3 lados).
    • Ter o piso forrado com material absorvente, como tapetes sanitários, cobertores ou travesseiros que retêm os fluidos do animal (palha e jornal não são permitidos).
    • Ser entregue nos balcões de check-in ou de envio para aceitação do passageiro e posteriormente colocada na área ventilada do porão.
    • As caixas não podem ter rodas. Se as caixas tiverem rodas, elas devem ser removidas. 

  • O passageiro encarregado do animal deve seguir as instruções abaixo:
    • Entrar em contato com a empresa e aguardar a confirmação da disponibilidade para transportar o animal.
    • Fornecer alimento e água suficientes para toda a viagem, de acordo com as necessidades do animal, pois não é possível alimentar os animais durante as paradas em trânsito.
      Os recipientes para água e alimentos devem ser fixados na porta e ser acessíveis pelo lado de fora, ter cantos arredondados e ser feitos de material não tóxico. Em especial, o recipiente de água deve ser profundo o suficiente para evitar que a água se espalhe. Em viagens mais longas, um recipiente externo pode ser adicionado à caixa (por exemplo, uma garrafa plástica), para que o animal tenha água durante toda a viagem.

  • O animal:
    • Deve ter pelo menos 12 semanas (10 semanas no caso de viagens para Portugal Continental, Açores, Madeira e Espanha).
    • Deve ser capaz de ficar de pé dentro da caixa, com a cabeça totalmente levantada, sem tocar na parte superior.
    • Deve ser capaz de se virar dentro da caixa e deitar-se confortavelmente.
    • Não devem estar com focinheira ou guia e esses itens não podem ser deixados dentro da caixa.
    • Não devem ser braquicefálicos (cães ou gatos que, devido a seus focinhos curtos e planos, têm limitações respiratórias específicas, de modo que sua vida estaria em risco devido às temperaturas médias no porão - variando de 10ºC a 19ºC).
    • Não pode exceder, junto com a caixa, 32 kg/70 lbs em vôos de, para ou com um stopover nos seguintes países: EUA, Hungria, França e Holanda.
    • Não pode exceder, junto com a caixa, 45 kg/99 lbs em vôos de, para ou com um stopover em todos os outros países.

Exceção: Até 3 animais da mesma espécie podem ser transportados na mesma caixa de transporte, se a idade for inferior a seis meses e o peso máximo de cada um for de até 14 kg.

Nos vôos de Lisboa para Luanda, todos os animais devem ser transportados no porão.

Exemplos de caixas resistentes permitidas no porão

A imagem mostra um cachorro branco e marrom deitado em uma caixa de transporte rígida cinza e branca com parafusos e travas na cor laranja. A caixa de transporte está apoiada sobre um piso de azulejos brancos, e a porta de metal frontal está aberta, permitindo que o cachorro veja fora da caixa.
Exemplo 1
A imagem mostra um cachorro preto e branco sentado em uma manta amarela, dentro de uma bolsa de transporte rígida marrom e rosa com parafusos e travas na cor branca. A caixa de transporte está apoiada sobre um piso cinza, e a porta de metal frontal está aberta, permitindo que o cachorro veja fora da caixa.
Exemplo 2

Exemplos de caixas resistentes não permitidas no porão

A imagem mostra uma caixa de transporte rígida, na cor cinza, na parte superior, e branca, na parte inferior, com uma porta de plástico branca. A caixa de transporte está apoiada sobre uma superfície branca.
Exemplo 1
A imagem mostra uma caixa de transporte rígida; a parte superior e a porta são na cor branca, enquanto a parte inferior é azul.  A caixa de transporte está repousando na calçada da rua.
Exemplo 2
A imagem mostra um cachorro branco e bege sentado no interior de uma caixa de transporte rígida de metal na cor preta. A caixa de transporte está descansando sobre uma superfície branca.
Exemplo 3
Condições aplicáveis quando o peso do animal, incluindo a caixa de transporte, excede os pesos máximos permitidos: 45kg / 99 lbs ou 32kg / 70 lbs no caso de voos com destino, origem ou escala em EUA, Hungria, França e Países Baixos. Nestes casos devem ser cumpridas as seguintes condições:
  • O animal deve ter pelo menos 12 semanas (10 semanas para os Açores, a Madeira e a Espanha).
  • O transporte deve estar previsto no percurso descrito no bilhete do passageiro.
  • O animal é entregue para transporte 4 horas antes da partida. As condições/horários referentes à aceitação do animal podem diferir de acordo com o local de partida.
  • O passageiro fornece todos os documentos necessários e responsabiliza-se por qualquer taxa adicional que lhe seja cobrada na origem e no destino.
  • A TAP reserva-se o direito de decidir em que voo o animal é transportado.
  • Não é igualmente permitido o transporte de animais braquicefálicos.
Para mais informações deve contactar a TAP Air Cargo.
Cães Gatos
Affenpinscher Birmanês 
Boston Terrier Exótico
Boxer Himalaio
Bulldog (todos os tipos) Persa
Bully Americano Scottish Fold
Cavalier King Charles  
Chihuahua  
Chin Japonês / Spaniel Japonês   
Chow Chow  
Griffon de Bruxelas  
Lhasa Apso  
Mastim (todos os tipos) / Cane Corso  
Pequinês  
Pug (todos os tipos)  
Shar-Pei / Shar-Pei Chinês
 
Shih-Tzu
 
Spaniel tibetano
 
Staffordshire Americano / ”Amstaff”
 
Staffordshire Bull Terrier / ”Staffys”
 
Toy Spaniel Inglês / Prince Charles Spaniel
 

Nota

Os animais acima mencionados ou cruzamentos de animais são aceitos se:

  • Uma declaração veterinária deve ser fornecida especificando que o animal foi submetido a intervenção cirúrgica para melhorar a sua condição e/ou não apresenta as características da raça.
  • Em um cruzamento, deve ser fornecida uma declaração veterinária declarando que o animal não tem as características das raças originais.
Ilustração de um transportador CR82, para animais potencialmente perigosos, em tons de verde, com aberturas de grade de ventilação vermelhas. A placa de deslizamento frontal com duas aberturas de ventilação está entreaberta.

Algumas raças de cães são consideradas "potencialmente perigosas" e seu transporte está sujeito a condições especiais. Para transportar um cão de uma destas raças (com idade igual ou superior a 6 meses) num voo TAP, é obrigatória a utilização de uma caixa específica de madeira ou metal: um contentor CR82. Os animais de serviço (SVAN) não estão sujeitos ao cumprimento desta regra. Veja abaixo quais raças de cães são consideradas "potencialmente perigosas".

  • Mastim brasileiro;
  • Dogo argentino;
  • Pit Bull Terrier americano;
  • Rottweiler;
  • Tosa Inu.

Exemplos de caixas resistentes permitidas no porão para animais de raças potencialmente perigosas

A imagem mostra uma caixa de transporte de metal projetada especificamente para o transporte de raças potencialmente perigosas. Essa caixa, chamada de CR82, é toda de metal e está apoiada sobre uma superfície branca.
Exemplo 1
A imagem mostra uma caixa de transporte de madeira projetada especificamente para o transporte de raças potencialmente perigosas. Essa caixa, chamada de CR82, tem uma grade de proteção na porta da frente e está apoiada sobre um piso de madeira escura.
Exemplo 2
Informação importante sobre o transporte de animais no porão

A TAP Air Portugal não defende o uso de tranquilizantes ou sedativos, pois eles diminuem a pressão sanguínea, especialmente em altitudes elevadas, o que pode ser fatal para os animais quando viajam em um porão de carga de aeronaves.

Os custos associados ao transporte de animais como carga são apenas válidos à partida de Portugal. Para outros países podem ser aplicadas outras taxas. Para mais informação, entre em contato com a TAP Air Cargo.

Transporte de animais de estimação em voos com escala

Se estiver viajando com seu animal de estimação em um voo com escala, observe:
  • Dependendo do itinerário e do peso total combinado (animal + mala de transporte), o animal pode ter que viajar durante parte da rota na cabine e outra parte no porão - é o caso de voos entre Estados Unidos e Europa (por exemplo, Nova York - Lisboa - Madri).
  • Quando as condições de transporte do animal não forem idênticas para todo o percurso - ou seja, se parte da viagem for na cabine e outra no porão - devem ser garantidas as 3 horas exigidas na escala intermediária para assegurar que todos os processos e diligências necessários sejam cumpridos.
  • Se o animal viaja na cabine e depois no porão na segunda rota, você deve providenciar a caixa de transporte para o animal no ponto de origem.
Restrições de transporte

1 - Voos com partida ou transferência em Londres Gatwick: não é possível transportar o seu animal de estimação como bagagem de mão ou despachada.

Para isso, entre em contato com o departamento de carga com antecedência.

2 - Voos para o Reino Unido: não é possível transportar seu animal de estimação na cabine ou no porão como bagagem, seja em voos diretos ou com conexão. 

3 - Autorizações de importação de cães para os EUA - Restrições

Os cães de países de alto risco com licenças de importação emitidas pelo CDC (Centro para Controle e Prevenção de Doenças) só podem entrar nos EUA em um destes aeroportos: Anchorage, Atlanta, Boston, Chicago (ORD), Dallas (DFW), Detroit, Honolulu (IAH), Los Angeles, Miami, Minneapolis, Nova York (JFK), Newark, Philadelphia, São Francisco, San Juan, Seattle e Washington DC (Dulles).

Estas regras se aplicam a países classificados pelo CDC como sendo de alto risco devido à raiva canina, e incluem cães que não venham de um país de alto risco mas que tenham estado em um desses países nos seis meses anteriores à viagem.

Os cães vindos de países de alto risco com licenças de importação emitidas pelo CDC apenas podem entrar nos Estados Unidos pelos aeroportos aprovados.

Esta suspensão não se aplica a cães importados de países com baixo ou nenhum risco de raiva canina ou a cidadãos dos EUA e residentes legais que retornem com animais de estimação — desde que atendam a todos os requisitos.

Verifique todas as atualizações dos requisitos para importar cães para os EUA nesta página do site do CDC.

4 - Regulamentos de transporte para cães com corte de orelha 

Desde 1 de setembro de 2023, cães com as orelhas cortadas ou removidas em sua totalidade sem diagnóstico, tratamento de lesões, doenças ou infecções são proibidos na Irlanda.

Para poder transportar o animal de estimação, é necessário ter um certificado, emitido por um veterinário local, declarando que as orelhas do cão foram removidas para uma finalidade veterinária específica. A solicitação de licença deve ser feita eletronicamente pelo menos 5 dias antes da viagem.

Você pode encontrar todas as informações nas seguintes páginas: regulamentos sobre o corte de orelhas de cães 2023 e guia de importação.

Saiba mais
Saiba mais
Miles&Go Pets – Ganhe milhas com o seu amigo de 4 patas
Se é Cliente TAP Miles&Go você pode ganhar até 500 milhas por voar na TAP com o seu animal de estimação.
Saiba mais
Saiba mais
Tem outras dúvidas relacionadas com o transporte de animais de estimação?
Consulte a nossa área de perguntas frequentes.

Um Animal de estimação, também designado como Animal doméstico ou de companhia, é, de acordo com a lei, qualquer animal detido por um ser humano que coabite com o mesmo para sua companhia e entretenimento e que não esteja abrangido por nenhuma legislação que proíba a sua detenção. Devido à abrangência deste conceito, a TAP reserva-se o direito de recusar o transporte de animais de estimação sempre que considere não estarem reunidas as condições necessárias para o transporte deste na cabine ou no porão.

As informações aqui presentes são exclusivas para trânsitos não comerciais de animais de estimação. Caso necessite de informações relativas à importação e exportação de animais, você deve entrar em contato com as devidas embaixadas ou consulados.

A informação nesta página aplica-se a voos operados pela TAP Air Portugal. Se o seu voo tem conexão com outra companhia aérea, entre em contato conosco para verificar a possibilidade de transportar seu animal de estimação com ela.

Cidades mais próximas
Selecionar datas
Selecionar data
Por motivos de segurança, sua sessão será encerrada automaticamente dentro do período especificado. Para renovar sua sessão, pedimos que faça login novamente.