Conteúdo

10 Símbolos de Manchester

10 Símbolos de Manchester

Conheça a “capital” do norte da Inglaterra: uma grande história, uma identidade bem particular e uma animação noturna com paisagem industrial!
1

A Universidade

Universidade de Manchester
Ao longo dos últimos séculos esta cidade industrial por excelência também se transformou um importante centro de cultura e de instituições acadêmicas.  A Universidade local destaca-se pela qualidade do ensino e dinâmica estudantil, mas aqui também se encontra o Museu de Manchester, conhecido por seu edifício neogótico e coleção de Arqueologia e História Natural que inclui múmias egípcias, corais e esqueletos de dinossauros. O campus também inclui outra importante instituição cultural, a Galeria de Arte Whitworth
1

O Teatro

Royal Exchange Theatre
Datada do século XIX, a antiga bolsa mercantil (Manchester Royal Exchange) era o principal foco do comércio na cidade. Hoje este edifício é um ex-libris da arquitetura neoclássica do período vitoriano e alberga a principal sala de teatro do município, o Royal Exchange Theatre.
1

A Catedral

Catedral de Manchester
Com origens que remontam a uma igreja saxônica do século XI, a Catedral de Manchester é um imponente edifício religioso de traços góticos que se ergue no centro da cidade. Destaca-se por sua grande nave central, que inclui 30 altares ornamentados e modernos vitrais decorativos que substituíram as antigas obras datadas do século XIX e destruídas durante a 2ª Grande Guerra.
1

A nova Manchester

Salford Quays (Cais de Salford)
Erguida a partir das antigas docas industriais de Manchester, a urbanização de Salford Quays (Cais de Salford), nas margens do Canal de Manchester, representa a nova face da cidade. Aprecie a arquitetura futurista, aproveite a programação do centro cultural The Lowry, ou visite os 81 hectares de estúdios e cenários da MediaCityUK, a base nortenha da BBC.
1

A fala do povo

É possível reconhecer um nativo de Manchester através da fala: afinal, nesta região domina o “Mancunian”, dialeto inglês conhecido pelas vogais carregadas e expressões idiomáticas muito criativas. Por uma questão de identidade e orgulho, muitos dos habitantes de Manchester nem fazem esforço para disfarçar a pronúncia, que de resto tem vindo a ganhar popularidade nos últimos anos por toda a Grã-Bretanha!
1

O Esporte-Rei

Estádio Old Trafford
A identidade e o cotidiano de Manchester estão intimamente ligados ao futebol. Os dois clubes campeões que representam a cidade — Manchester United e Manchester City — são simultaneamente uma fonte de orgulho e rivalidade. Para muitas pessoas, visitar Manchester sem passar pelo museu do Old Trafford (o estádio do United) é um sacrilégio!
1

A Prefeitura e o Centro

Prefeitura de Manchester
A Prefeitura de Manchester (Manchester Town Hall), localizada na Albert Square, é um emblemático edifício vitoriano que merece uma visita guiada. Bem perto, é possível também visitar o Memorial do Rei Alberto (Albert Memorial), o Cenotáfio, monumento dedicado às vítimas da 1ª Grande Guerra, e a Saint Peter’s Square (Praça de São Pedro), onde se encontra também a Biblioteca Central, edifício neoclássico inspirado no Panteão de Roma. Mais a norte, é possível visitar o People’s History Museum e conhecer a história da democracia inglesa ao longo dos últimos 200 anos de Revolução Industrial, guerras e mudanças.
1

O Pub Antigo

Old Wellington Inn
Ainda no centro, passe pela Shambles Square e visite a Old Wellington Inn - um dos edifícios mais antigos de Manchester, datado do século XVI, este velho pub é um ótimo exemplo da arquitetura renascentista… e um local excelente para beber uma cerveja fresca à moda antiga!
1

Herança Industrial

Castlefield
Em um único local testemunhamos quase toda a história de Manchester. Na zona de Castlefield, encontramos os restos do forte romano de Mancunium, do século I d.C, que mais tarde daria origem à cidade. Mas por aqui encontramos também sinais da origem da Revolução Industrial que mudou para sempre o modo de vida inglês: o Canal de Bridgewater, do século XVIII, via de transporte fluvial de carvão e matérias-primas, e a primeira linha ferroviária do mundo, datada de 1830. Para saber mais, visite o MoSI (Museu da Ciência e Indústria), que também fica perto.
1

A noite de Madchester

Durante a década de 80 e no início dos anos 90, esta cidade destacou-se por sua vibrante cena musical — “Madchester”. Aqui nasceram bandas incontornáveis do pop-rock daquela época, como os Joy Division, New Order, Happy Mondays e os Smiths. Ao mesmo tempo, as batidas eletrônicas repetitivas da house music ressoavam pelas madrugadas. A discoteca Hacienda, antigo centro da euforia, já desapareceu. Mas o pulsar de Manchester ainda se faz sentir nas salas de espetáculo do centro, nos clubes e bares da Gay Village e do Northern Quarter, e em The Locks, antiga zona industrial e de caminhos de ferro, hoje repleta de vida noturna.

Explore nossos destinos

Cidades mais próximas
      Selecionar data
      Selecionar datas
      Gosto
      Ver versão acessível no youtube.
      WishList
      Compartilhe
      1

      A Universidade